T4F vende participação na Stock Car para fundo financeiro misterioso

Nem pessoas do alto escalão da Stock Car ainda têm conhecimento pleno de quem se tratam Veloci Investimentos e United Partners, apurou o GRANDE PRÊMIO. Está previsto um comunicado da categoria nesta quinta-feira

Ainda navegando entre os problemas atuais da temporada disputada em meio à pandemia do novo coronavírus, a Stock Car tem uma nova realidade com a qual lidar: a Vicar, sua promotora, foi vendida para o misterioso grupo Veloci Investimentos. A informação saiu nesta quarta-feira (2), porém o GRANDE PRÊMIO apurou que nem pessoas do alto escalão da Stock Car sabem apropriadamente de quem se trata Veloci Investimentos e sua companhia-mãe, United Partners.

A notícia cai como uma surpresa na maior categoria do automobilismo nacional. A Vicar pertencia à Time 4 Fun (T4F), o conglomerado internacional de eventos, desde 2006. Após quase 15 anos, a gigante vendeu as ações para a nova proprietária.

A Stock Car vai se pronunciar oficialmente sobre o negócio nesta quinta-feira, enquanto as equipes do grid só foram comunicadas no início da noite, apurou o GP.

De acordo com a T4F, a venda foi efetuada com a intenção de voltar os esforços financeiros do grupo para outro tipo de evento.

Carlos Col é o chefão da Stock Car e fundador da Vicar (Foto: Vicar)


“Esta transação está alinhada ao planejamento estratégico da companhia de forma a intensificar esforços na promoção de grandes festivais e shows de música ao vivo, além de eventos de família e teatro”, disse em comunicado assinado por André Pinheiro Veloso, diretor-financeiro e de relações com investidores.

“Os recursos oriundos da venda reforçarão a posição de caixa da T4F e serão empregados no processo de digitalização e consolidação do mercado”, seguiu.

Apesar dos valores ainda não serem conhecidos, a Veloci comprou a participação de 85% das ações da Vicar.

“A venda já era discutida desde o ano passado, em meio à reformulação do planejamento estratégico. As negociações chegaram a ser pausadas com a chegada da pandemia, mas foram retomadas em julho. Os recursos chegaram em uma boa hora. Perdemos receita com a pandemia, mas conseguimos preservar o caixa, com uma diminuição do caixa líquido de apenas R$ 3 milhões”, disse Fernando Alterio, diretor-presidente da TF4, ao jornal Valor Econômico.

A publicação afirma ainda que a receita da T4F recuou 98% entre abril e julho de 2020, por conta da impossibilidade da realização de eventos, uma vez que a pandemia avançou internacionalmente. Com receita de apenas R$ 2,6 milhões no período, reduziu 45% do quadro de funcionários.

Outros 15% da Vicar pertencem ao grupo norte-americano Omnicom, que tem Nizan Guanaes como conselheiro. Também não está claro se esta parte minoritária vai ser inclusa na negociação com tal grupo de investimento.

A Stock Car não é a única envolvida com fundos de investimento. Recentemente, a equipe Williams da Fórmula 1 anunciou a venda para a Dorilton Capital, uma empresa norte-americana de investimentos privados.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube