Marques leva corrida 1 e Boessio vence pela primeira vez na Copa Truck em Tarumã

André Marques fez valer a pole-position e venceu corrida 1 da Copa Truck em Tarumã. Regis Boessio, por sua vez, triunfou pela primeira vez na categoria

Pedro Henrique Marum refletiu sobre o 2021 de Daniel Ricciardo no GP às 10

A Copa Truck realizou neste domingo (15) a quinta etapa do campeonato, tendo como palco o tradicional circuito de Tarumã, em Viamão, no Rio Grande do Sul. A jornada desta tarde teve como grandes vencedores André Marques, que triunfou na corrida 1 em dobradinha da Mercedes, com Wellington Cirino em segundo, enquanto o experiente Régis Boessio conquistou sua primeira vitória na Copa Truck a bordo de um ‘bruto’ da Volvo.

Na primeira prova do dia, que teve Marques como pole-position, o piloto do bruto #77 da Mercedes segurou a investida de Felipe Giaffone, da Iveco, e manteve a ponta. Wellington Cirino era o terceiro colocado, pressionado pelo bicampeão da Copa Truck, Beto Monteiro, da Volkswagen.

Nas primeiras voltas, Marques chegou a abrir 0s872 de vantagem para Giaffone, enquanto a briga pela terceira posição se desenhava mais intensa. Nas cinco primeiras voltas, os pilotos enfrentavam dificuldades para ultrapassar na pista de Tarumã.

ANDRÉ MARQUES; ANDRÉ MARQUES COPA TRUCK; COPA TRUCK; TARUMÃ
André Marques triunfou na corrida 1 da Copa Truck em Tarumã (Foto: Vanderley Soares/P1 Media Relations)

Com 12 minutos restantes, Marques abriu mais de 2s para Giaffone, que a duras penas tentava manter a segunda posição, sendo ameaçado por Cirino e Monteiro. Porém, o piloto do caminhão #88, tentou por ultrapassar por fora, escapou pelo gramado e perdeu posições, caindo assim para sexto.

No 11º giro, Cirino conseguiu ultrapassar Giaffone e assumiu a segunda posição. Mais atrás, a saída de pista foi seguida de outros problemas para Monteiro, que a sete minutos do fim foi obrigado a ir para o pit-lane por conta de excesso de fumaça no caminhão. Sem grandes complicações, o pernambucano retornou à pista, na 16ª posição. Na pista, Paulo Salustiano se aproximava de Giaffone e ensaiava a ultrapassagem para assumir a terceira colocação.

Com menos de 1 minuto para o fim, Salustiano colocou por fora na veloz curva 1 e, com uma ultrapassagem arrojada, e superou Giaffone na briga pela terceira posição. No topo, Marques tinha 0s810 de vantagem para Cirino e administrou a vantagem para ser o primeiro a receber a bandeira quadriculada. Na categoria Super, Giuliano Losacco, bicampeão da Stock Car, alcançou o alto do pódio.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Com os oito primeiros em posições invertidas no grid, a corrida 2 começou com Régis Boessio na ponta. Após a saída do safety-truck, a segunda corrida começou. Boessio manteve ponta, seguido por Jaidson Zini, com Mercedes, e Fabio Fogaça, líder da categoria Super e a bordo do caminhão protótipo.

REGIS BOESSIO; COPA TRUCK; TARUMÃ
Regis Boessio venceu pela primeira vez na Copa Truck (Foto: Reprodução)

Sem grandes mudanças nas primeiras posições, a briga ferveu mesmo no pelotão intermediário. A seis minutos do fim, Salustiano tentou ultrapassar Losacco na briga pela quarta posição, mas não conseguia superar o piloto do caminhão #90.

Por conta da disputa acirrada, Salustiano recebeu uma advertência da direção de prova. A dois minutos do fim, o competidor da Volkswagen finalmente conseguiu superar Giuliano depois de um ligeiro toque entre os dois caminhões.

Lá na frente, Boessio controlou a vantagem e partiu para uma vitória consagradora, de ponta a ponta. Zini e Salustiano completaram a relação dos três primeiros. Na classe Super, Losacco ficou com o topo do pódio.

Com dez corridas já disputadas na temporada, Cirino tem 159 pontos e lidera com 2 de vantagem para Marques. Giaffone está em terceiro, com 128, mas agora Salustiano está mais próximo, com 122 tentos. Jaidson Zini tem 107, enquanto Beto Monteiro soma 105, contra 94 de Roberval Andrade, 93 de Valmir Benavides., e 89 de Luiz Lopes. Danilo Dirani, com 87, fecha a relação dos dez melhores colocados.

Na classe Super, Felipe Tozzo é o ponteiro e tem agora 149 pontos, contra 132 de Giuliano Losacco. Glauco Barros tem 129, seguido por José Augusto Dias, com 110. Danilo Alamini tem 107, contra 94 de Daniel Kelemen e 90 de Djalma Pivetta. Evandro Camargo, com 88, Fabio Fogaça, com 82, e Ricardo Alvarez, com 66, completam o top-10.

A Copa Truck agora volta a acelerar em três semanas com a disputa das etapas 6 e 7 do calendário, em Curitiba, entre 4 e 5 de setembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar