Às vésperas do primeiro teste em Daytona, Alonso se empolga com oval e avisa: “Tentaremos vencer”

Fernando Alonso andou pela pista de Daytona, na qual correrá as 24 Horas locais no fim do mês, na última quinta-feira. E ficou animado com o novo desafio, já começando a pensar em lutar pela vitória com a United Autosports

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Fernando Alonso começou discreto em seus primeiros comentários sobre sua participação nas 24 Horas de Daytona, no final deste mês de janeiro (dias 27 e 28). No final de dezembro, quando anunciou que passaria o ano novo já nos EUA para ir se acostumando com o ambiente, afirmou que "tentaria correr lá na frente". Depois, já nesta semana, disse que o objetivo era "se tornar um piloto melhor". Mas ele quer mais.

Nesta sexta-feira (5), em entrevista para a revista 'Racer', Alonso já mostrou que sua empolgação cresceu. Na última quinta, ele andou pelo circuito de Daytona pela primeira vez, para conhecer suas particularidades. E, quando foi comentar sobre, não resistiu em dar o próximo passo no discurso.

"Tenho certeza de que, quando fecharmos o visor, tentaremos vencer", afirmou. Dificilmente o asturiano aceitaria correr sem ser pela vitória, mas se colocar nesta posição sem ainda ter testado seu carro da United Autosports na pista parece um pouco além. Não para ele, claro.

Fernando Alonso (Foto: FIA WEC)

"Estou ansioso para pular no carro. (A pista) É bastante impressionante, passa uma sensação similar a de Indianápolis (onde correu as 500 Milhas em 2017), olhar as arquibancadas, as instalações, o tamanho de tudo. É tudo muito grande e passa a sensação de que é uma corrida única, icônica", comentou o asturiano.

Ele analisou o fator novidade, já que será sua estreia no endurance: "Eu vi as curvas, são mais íngremes do que em Indianápolis. Quero muito ver como as sinto do carro. E aqui temos que dividir o carro, o assento, muitas coisas com as quais se comprometer. É um grande desafio, com muitas coisas novas, como controlar o tráfego, pneus, pilotar de noite. Estou ansioso."

Alonso também elogiou o nível da corrida, incluindo adversários. "Temos alguns pilotos fortes neste ano. Acho que a classe de protótipos é a melhor aqui em Daytona para este ano. Será um grande desafio para nós, competiremos contra os melhores. É ótimo."

Fernando Alonso faz seu primeiro teste com um protótipo da LMP1 (Foto: Toyota Motorsport)

Por fim, ele negou que sonhe em correr na Nascar, apesar de sua constante presença nos EUA nos últimos tempos. "Ainda não, acho que é algo diferente. Os carros da Nascar têm formas únicas de se guiar, então não penso nisso no momento", garantiu.

Alonso correrá pela United autosports em Daytona ao lado de Lando Norris, piloto reserva da McLaren em 2018 na F1, e Philip Hanson.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube