Nasr e Derani vencem corrida classificatória e garantem pole para 24 Horas de Daytona

A dupla brasileira garantiu a vitória em uma corrida marcada pela pista molhada em Daytona e cravou a pole para uma das corridas mais importantes do calendário do automobilismo. Kevin Magnussen, em sua primeira corrida no IMSA SportsCar, chegou a liderar a corrida de classificação com o Cadillac da Ganassi

Se o sábado trouxe um sabor agridoce com a conquista da pole da corrida de classificação para as 24 Horas de Daytona e a perda da posição de honra da disputa logo depois em razão de uma punição, o domingo (25) foi de completa alegria para a tripulação do Cadillac DPi #31 da equipe Action Express. O conjunto formado pelos brasileiros Felipe Nasr e Pipo Derani, que vai ser completado no próximo fim de semana também por Mike Conway e Chase Elliott, venceu a prova que definiu o grid de largada das 24 Horas de Daytona e, consequentemente, assegurou a pole-position de uma das principais corridas do calendário do endurance e do esporte a motor em 2021.

A corrida, com duração de 1h40min, foi disputada inicialmente com pista molhada, o que proporcionou um desafio a mais para as 47 duplas que largaram. O novo regulamento para a definição do grid para Daytona diz que somente dois pilotos, dos três ou quatro que cada tripulação tem na sua escalação para a corrida principal, com largada no próximo sábado, puderam ser escalados para a corrida de classificação.

RODRIGO MATTAR: Seis brasileiros garantidos nas 24h de Daytona

PIPO DERANI; FELIPE NASR; MIKE CONWAY; CHASE ELLIOTT;
Festa para a Action Express, pole das 24 Horas de Daytona 2021 (Foto: IMSA SportsCar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Oliver Jarvis, com o Mazda DPi, largou na pole-position da prova, mas logo depois da largada perdeu a liderança para Kevin Magnussen, que fez sua estreia no IMSA SportsCar como piloto da Ganassi. Nasr, responsável por largar com o Cadillac #31, pulou de sexto no grid de largada para quarto, fazendo valer a enorme experiência a bordo do protótipo em Daytona.

Em uma prova bastante movimentada em todas as classes, Nasr e Derani foram os protagonistas, crescendo ao longo da corrida e ganhando muitas posições. A dupla brasileira assumiu de vez a liderança após ultrapassar o Cadillac #5 da JDC-Miller, pilotado por Tristan Vautier. Pipo Derani completou o trabalho da tripulação da Action Express e cruzou a linha de chegada com 3s664 de frente para Harry Tincknell, companheiro de equipe no Mazda #55 de Oliver Jarvis na corrida de classificação.

Ao site oficial do IMSA, Nasr e Derani falaram sobre a jornada vencedora deste sábado. “Regras são regras, mas não deixamos a frustração nos abater. Foi tudo sobre manter nossas mentes focadas. Quando vimos que o tempo estava mudando, sabíamos que uma oportunidade estava por vir. Isso é automobilismo. Tiramos proveito do que veio e abrimos nosso caminho na pista. Foi incrível”, definiu Felipe.

“Encaramos isso como uma corrida normal”, afirmou Pipo. “Para nós, é muito importante tentar tudo o que nós podemos para chegarmos aqui na semana que vem entendendo tudo o que nós precisamos fazer para ter uma boa corrida. Uma vitória em corrida é uma vitória em corrida, seja valendo 35 pontos ou 350 pontos. É assim que nós competimos. Vamos sempre tentar nosso melhor”, destacou o brasileiro.

Na classe DPi, a tripulação francesa formada por Vautier, Loïc Duval e Sébastien Bourdais vai largar em terceiro, à frente do conjunto #51 composto por Dane Cameron, Olivier Pla, Juan Pablo Montoya e AJ Allmendinger com o Acura da equipe Meyer Shank. Já o outro Acura, este da equipe Wayne Taylor Racing, guiado por Ricky Taylor, Filipe Albuquerque, Alexander Rossi e Helio Castroneves, vai sair em quinto, à frente do Cadillac #48 da Action Express tripulado por Jimmie Johnson, Kamui Kobayashi, Simon Pagenaud e Mike Rockenfeller.

Já o Cadillac #01 da Ganassi, pilotado por Magnussen, Renger Van der Zande, Scott Dixon e Marcus Ericsson, ficou na sétima posição do grid em Daytona.

Na classe LMP2, quem vai largar na frente é o conjunto do Oreca 07 #52 da PR1 Mathiasen, formado por Ben Keating, Mikkel Mac Jensen e Scott Huffaker, que superaram a tripulação europeia da High Class Racing, que teve na corrida de classificação Dennis Andersen e Ferdinand Habsburg e vai ter na prova principal também Anders Fjordbach e o ex-F1 Robert Kubica.

Os protótipos da nova classe LMP3 ficaram atrás dos GTs na corrida de classificação. Nicky Tandy e Alexander Sims triunfaram na disputa e lideraram a dobradinha da Corvette, com Jordan Taylor e Nick Catsburg em segundo lugar. Na GTD, quem deu as cartas foi a BMW, com vitória do veterano Bill Auberlen e do também norte-americano Robby Foley. O melhor LMP3 da prova foi o Duqueine 08 #6 da equipe Muehlner, pilotado por Moritz Kranz e Hoerr Laurents.

A programação oficial para as 24 Horas de Daytona definiu o horário da largada, no próximo sábado, para 17h40 (de Brasília).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube