eSports

iRacing Brasil dá pontapé inicial para nova temporada com participação de Barrichello, Monteiro e Paludo

A iRacing Brasil, que usa a plataforma de simulação do iRacing, já deu início às competições da temporada 2019. Das seis modalidades que serão organizadas até o primeiro trimestre do ano que vem, quatro já foram iniciadas e algumas contaram com a participação de nomes conhecidos no automobilismo, como Miguel Paludo, Beto Monteiro e até Rubens Barrichello

Warm Up / THIAGO IZEQUIEL, de Maricá
Já dando início ao ano de 2019 nas competições virtuais, a liga iRacing Brasil, que organiza campeonatos na América do Sul utilizando a plataforma de simulação iRacing, realizou as primeiras etapas de uma série de campeonatos disponibilizados para qualquer um que tenha o interesse de participar.
 
Das seis modalidades que serão organizadas até o primeiro trimestre do ano que vem, quatro já foram iniciadas e algumas contaram com a participação de nomes de peso do automobilismo nacional e internacional, como Miguel Paludo, Beto Monteiro e até Rubens Barrichello, que também trouxe seu filho, Eduardo, para competir na série virtual.
 
O primeiro campeonato já de 2019 a iniciar foi o ‘Ferrari Challenge’, que conta com a Ferrari 488 GT3 e é o mais curto de todos, com apenas quatro etapas, concluindo no dia 21 de fevereiro. Com a estréia na pista virtual de Barber Motorsports Park, 19 pilotos formaram o grid das duas baterias do dia, que já teve como vitorioso o próprio Paludo na primeira corrida, seguido pelo piloto virtual Neto Nascimento na segunda colocação e Ricardo Albino fechando o pódio.
A Indy também está nas competições da iRacing (Foto: iRacing)
Na segunda bateria, que conta com 20 minutos de duração e é um terço mais curta que a primeira, com meia hora, e inversão de grid entre os dez primeiros colocados, o top-3 ficou com Rodrigo Lepri, vencedor, Ricardo Albino que conseguiu repetir o resultado, e Pedro Gomes. Beto Monteiro, que participa apenas na Ferrari Challenge, não terminou a prova.
 
Em seguida, no domingo (16), foi a vez dos pilotos que correm na ‘IRB IndyCar Series’, que utiliza do mais novo modelo da Indycar real, o Dallara IR18 e é focado em circuitos ovais, tendo apenas um circuito misto - Watkins Glen - no campeonato que conta com sete etapas, finalizando em 24 de fevereiro. A corrida, com duração de 90 minutos, foi vencida pelo piloto virtual Bruno Miranda, seguido de Victor Del Porto, hexadeca campeão da categoria, e Silvio Roberto Sanchez na terceira colocação.
 
Na última segunda-feira, houve a etapa inaugural do novo ‘Masters of Track: Road To Pro’, categoria que utiliza diversos carros GT3 e tem como intuito ser o degrau para a futura ‘Pro Series’, que vai contar apenas com pilotos classificados e não terá custo de participação. Essa categoria, uma das preferidas entre os pilotos virtuais, tem Rubens Barrichello e Paludo no grid. Os pilotos profissionais tiveram um grande desafio na etapa inaugural, na pista virtual de Tsukuba, que recebeu 50 competidores. Com duas baterias na etapa, a primeira foi vencida por Wendel Parra, que levou as duas provas, seguido por Marcos Riffel na segunda posição e Gabriel Caveghagni, na terceira. O pódio da corrida dois foi composto pelos mesmos pilotos, apenas invertendo a ordem entre Marcos e Gabriel.
 
E para fechar, a ‘Formula 3 Sudamericana’, que estreou no circuito Gilles Villeneuve, na terça-feira passada, e contou com 30 carros, pilotados por participantes brasileiros e de outros países da América do Sul. A categoria também viu  a inscrição de Barrichello e seu filho, Eduardo, que não puderam participar da primeira etapa. O pódio da primeira bateria, vencida por Luiz Gonzaga Filho, teve Cadu Andrade em segundo, fechando com Suellio Almeida em terceiro. Suellio venceu a segunda corrida, seguido por Franklin Souza e, novamente, Luiz Filho, que completou os três primeiros.
A iRacing já deu início à temporada 2019 de eSports (Foto: iRacing)
Os campeonatos serão retomados em janeiro, que terá ainda a estréia da ‘Copa Turismo Sudamericana’, que vai ter um total de dez etapas, e a categoria de acesso ’Troféu Mazda’, mais curta, com quatro eventos.