F-Inter anuncia programação para 2020 com etapa em oval na Argentina

A F-Inter divulgou sua programação para a próxima temporada com grandes novidades. A categoria vai correr não apenas nas principais pistas do Brasil, mas também vai fazer sua estreia na Argentina. O palco é o lendário circuito oval de Rafaela, onde a Indy correu pela primeira vez fora dos EUA, em 1971. Outra novidade é a presença de Roberto Pupo Moreno como membro do Conselho Técnico e Desportivo

A F-Inter vai viver um novo momento a partir da temporada 2020. A categoria, criada pelas mãos de Marcos Galassi, anunciou grandes novidades e um cronograma que vai desbravar os principais circuitos do Brasil no ano que vem, além de correr pela primeira vez no exterior, com etapa prevista para ser disputada no oval de Rafaela, como round internacional. A pista é histórica porque foi lá que a Indy disputou sua primeira etapa fora dos EUA, em 1971, em prova vencida por Al Unser.
 
As novidades foram anunciadas em evento na sede da F-Inter, na Vila Mariana, em São Paulo, com a presença de Marcos Galassi, presidente do Conselho Administrativo, Eduardo Bruza, CEO e Chefe de Operações, Alexandre Galassi, diretor de Comunicação e Ronaldo Arrighi, assessor de imprensa. Roberto Pupo Moreno, nome histórico do automobilismo brasileiro, foi anunciado como membro do Conselho Técnico e Desportivo da categoria, sendo também mentor dos pilotos em algumas das etapas do campeonato.
Evento marcou o lançamento do programa da F-Inter para 2020 (Foto: Divulgação)
“Roberto Pupo Moreno tem uma carreira das mais completas entre os pilotos brasileiros no exterior, tendo atuado na F1, Indy, IRL, três participações na Indy 500, 24h de Daytona… Para nós, ele é um grande ídolo, além de um piloto dos mais lendários no cenário do automobilismo mundial. Tê-lo emprestando seu tempo e dedicação à F-Inter é motivo de muita alegria e orgulho para nós”, disse Marcos Galassi.
 
Moreno comemorou a oportunidade de fazer parte da F-Inter em um momento de grande importância para a categoria. “Para mim é uma satisfação participar da história desta categoria tão especial. Tenho certeza que, com essas mudanças, iremos levar não só a categoria, mas também seus pilotos a um patamar mais elevado, atuando em diversos autódromos no Brasil e no exterior”.
 
O cronograma para 2020 tem a previsão de dez rounds ao longo do ano, com a previsão de três Copas distintas e que vão definir os rumos do campeonato. A Copa Interlagos, que vai ser disputada em meio a quatro rounds no autódromo paulistano; a Copa Brasil, com seis rounds, que vão ser disputados em quatro estados: São Paulo, Paraná — com Londrina e Cascavel —, Goiás — em Goiânia — e Rio Grande do Sul — no Velopark. 
A F-Inter vai correr no oval de Rafaela, na Argentina, em 2020 (Foto: Divulgação)
A Copa Internacional Roberto Pupo Moreno, em Rafaela, vai contar como round único e especial, com pontuação e premiação distintos. Será a primeira categoria totalmente nacional, com carros produzidos no Brasil e com um projeto brasileiro a competir no lendário oval.
 
Os rounds estão previstos com finais de semana de atividades às sextas-feiras e sábados. Ao fim da temporada, o piloto que mais pontuar vai receber o Cinturão de Campeão da F-Inter em 2020.
 
A F-Inter anunciou também que apenas 12 vagas estão disponíveis para a temporada 2020, com custo total de R$ 100 mil, não sendo contabilizados valores adicionais referentes à inscrição na prova e ao jogo de pneus que poderá ser utilizado por um mínimo de três e máximo de seis rounds. 
A F-Inter vai acelerar em alguns dos principais circuitos do Brasil em 2020 (Foto: Divulgação)
Pelos R$ 10 mil pagos à categoria por round, o piloto vai receber as entregas listadas, além da utilização do carro durante os dias de competição com toda a equipe de pista e revisão, além de outros consumíveis relativos ao funcionamento do carro, como combustível e pastilhas. Ainda não há, contudo, um valor a respeito do round internacional, previsto para a Argentina. Em termos de contratação eventual, o valor de cada round está orçado em R$ 14,5 mil.
 
O pacote pago pelos pilotos compreende entregas de serviços como sala de pilotos exclusiva nos autódromos em cada round, enxoval básico de mídia — com fotos e vídeos do piloto e seu carro em estúdio profissional, media day coletivo, transmissão ao vivo de todos os rounds no YouTube e Facebook da F-Inter, cobertura das provas com entrevistas e comentários, atualização constante do site e plataformas de mídias sociais, promoções e atividades extra-pista, programa semanal ao vivo nos estúdios da F-Inter, personalização do carro e loja on-line da F-Inter.
Paddockast # 43
QUAL FOI O MELHOR GP DO BRASIL QUE VOCÊ ASSISTIU?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube