3º no grid do México, Hamilton diz que “não esperava ficar tão acima” e comemora “grande dia para nós”

Lewis Hamilton confessou que ficou surpreso com a melhora do desempenho da Mercedes na fase final do treino classificatório deste sábado no México, sobretudo por conta da “grande melhora” após os treinos de sexta-feira: “Estou muito, muito feliz com isso”

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

Diferente da maioria dos treinos classificatórios ao longo da temporada, neste sábado (27) Lewis Hamilton foi um mero coadjuvante na luta pela pole-position do GP do México. Max Verstappen protagonizou os trabalhos e ficou muito perto de conquistar a posição de honra, mas Daniel Ricciardo riu por último e vai largar na frente neste domingo no Autódromo Hermanos Rodríguez.

 
Hamilton até que ficou bem perto da pole-position. Com sua melhor volta no fim do Q3, o piloto da Mercedes cravou 1min14s894, apenas 0s135 atrás do tempo de Ricciardo.
 
Depois da performance discreta da Mercedes nos treinos livres de sexta-feira, Lewis destacou a grande reação e o trabalho feito pela escuderia prateada para entregar um carro competitivo e que o permitiu lutar quase de igual para igual com os taurinos.
Lewis Hamilton ficou bastante satisfeito com a performance da Mercedes neste sábado (Foto: AFP)

“Foi um grande dia para nós”, vibrou o britânico pouco depois da classificação, em entrevista coletiva acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO no México.

 
“Estou muito, muito feliz com isso. Tivemos um dia difícil ontem e foi uma grande melhora hoje. Ontem estávamos muito mais atrás, então não esperava ficar tão acima, mas a equipe fez um ótimo trabalho ontem à noite”, destacou.
 
“Isso é tão bom quanto o que eu poderia conseguir. Estou muito feliz por Daniel, parabéns para ele. Ficar atrás das duas Red Bull não é algo ruim”, comentou o #44.
 
Neste domingo, Hamilton vai dividir a segunda fila do grid com Sebastian Vettel. O alemão precisa vencer a corrida e torcer para Lewis terminar de oitavo para trás para adiar a definição do título para Interlagos, em duas semanas. Caso Seb fique de segundo para trás, o título vai ser de Hamilton independente da colocação do britânico.
 
Hamilton, aliás, lembrou do incidente com Vettel nas primeiras curvas do GP do México do ano passado. Mas acredita, acima de tudo, que vai ser possível até lutar com a dupla da Red Bull e aproveitar o vácuo dos carros taurinos para tentar ganhar uma ou, talvez, até duas posições.
 
“Você viu o que aconteceu no ano passado com o carro vermelho atrás. Isso dependeria muito do quanto ficaríamos longe, mas o terceiro lugar é uma boa posição para largar aqui, você consegue um bom impulso dos caras à frente. Vou lutar ao menos para conquistar uma posição, mas claro que estou ciente que as Red Bull estão à frente”, concluiu.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do México de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.
 
E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube