Agora na Williams, Ticktum assume rancor com dispensa “estranha” da Red Bull

Membro da DAMS na F2 em 2020, Dan Ticktum esteve próximo da Fórmula 1 pela Red Bull, mas foi dispensado do projeto de forma repentina. Por isso, segue com gosto azedo sobre a saída

Em 2019, Dan Ticktum foi dispensado do programa da Red Bull pouco após ser cotado até para vaga na Fórmula 1. Para este ano, conseguiu recuperar a carreira com vaga de piloto de desenvolvimento na Williams e como titular da DAMS na F2.

Mas o rancor com a saída da equipe dos energéticos ainda segue vive no piloto de 20 anos – e ele não esconde isso. Em entrevista ao 'Motorsport', Ticktum comentou sobre como lida com a demissão após passagem ruim pela Super Formula japonesa, onde a Red Bull lhe colocou para conseguir os pontos faltantess para a superlicença.

Dan Ticktum (Foto: Red Bull Content Pool)
Paddockast #53
TÉO JOSÉ – O HOMEM QUE 'NÃO PERDE MAIS'

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

"Em meio às especulaçoes de todo tipo, a equipe ficava dizendo que eu precisava ir para o Japão, que eu precisava me acostumar com as pistas de lá. Mas no fim das contas é uma pista e é um carro, sabe? Não importa se é no Japão ou na lua."

"Não senti que a equipe (Mugen, na Super Formula) tinha confiança em mim, digamos assim. É um pouco estranho para uma equipe não ter confiança num piloto que a Red Bull quer colocar em um carro de F1.Mas passou. Aprendi bastante. Vão me perguntar se eu continuo com gosto azedo por ter sido dispensado. E claro que continuo, mas estou em uma boa posição agora", completou Ticktum. 

Ele é bicampeão do GP de Macau e foi vice da F3 Euro de 2018. No começo de 2019, foi cogitado para a F1 na Toro Rosso, antes da escolha por Alexander Albon, porém não possuía os pontos necessários para a superlicença. 

COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube