F1

Ainda negociando, chefe da Lotus afirma ter escolhido Hülkenberg para lugar de Räikkönen

Eric Boullier disse que ainda está negociando com o piloto alemão, mas que ele é o escolhido para substituir Kimi Räikkönen no ano que vem. Apesar disso, o empresário do piloto garantiu que nada está assinado

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

No que depender da Lotus, Nico Hülkenberg já tem destino certo para a próxima temporada da F1. Enquanto o alemão ainda negocia com diversas equipes, o chefe da escuderia inglesa, Eric Boullier, afirmou que está apenas esperando concluir acordos com alguns grupos de investimento para fechar com o germânico para o próximo ano.

“Com os acordos, nós estamos indo na direção correta, mas até as coisas estarem assinadas e confirmadas, precisamos esperar”, disse à agência ‘Press Association Sport’. “Tudo deve se resolver em breve, e quando isso acontecer nós vamos poder acertar as pendências, e os motores estão na lista do que precisamos confirmar”, declarou.
Eric Boullier disse que Nico Hülkenberg é o escolhido (Foto: Lotus/ Andrew Ferraro/LAT Photographic)

Boullier disse, ainda, que está impressionado com o bom desempenho do piloto – incluindo o quarto lugar no GP da Coreia do Sul – desde que as negociações começaram. “Eu adoraria que ele viesse correr conosco. Hülkenberg é nossa escolha. Desde que começou a negociar com a gente, ele tem feito um bom trabalho”, completou.

Apesar da confiança da Lotus em contar com Hülk, o empresário do piloto, Werner Heinz, negou que qualquer contrato já tenha sido assinado.

“Nós continuamos a avaliar as opções. Nenhuma decisão foi tomada”, disse à agência alemã ‘SID’. “As chances dele definitivamente não diminuíram com o desempenho recente, então não estou preocupado com isso e estou bastante convencido que Nico vai continuar a pilotar na F1”, encerrou.