Alfa Romeo apresenta C41 mais branco e menos vermelho para temporada 2021 da F1

A Alfa Romeo revelou o C41, carro que nasce com a missão de tirar Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi do fim do grid. O bólido de 2021 traz uma inversão nas cores em comparação a 2020

Depois de McLaren e AlphaTauri, chegou a vez da Alfa Romeo abrir os trabalhos em 2021. Em evento na manhã desta segunda-feira (22), em Varsóvia, capital da Polônia e terra da patrocinadora principal, a equipe alvirrubra revelou o C41 ao mundo.

O carro em si sofreu uma mudança estética considerável. É verdade que as cores são as mesmas, mas o esquema mudou radicalmente. É possível dizer que o bólido dos italianos não tem mais o branco acompanhando o vermelho, mas, sim, o contrário. No fim, uma inversão da pintura que foi apresentada em 2020.

De todo modo, é mais um belo carro lançado pela equipe, que mostrou que a combinação de cores dificilmente dará um resultado ruim. Com a mudança, coincidentemente ou não, a Alfa Romeo passa a ter no carro o mesmo esquema da bandeira da Polônia, terra da patrocinadora principal do time, a petrolífera Orlen, que apoia Robert Kubica, reserva de Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi. Os três estiveram presentes no evento.

O lançamento em si foi bem mais suntuoso do que devem ser os demais eventos de 2021. Mesmo com a pandemia, a equipe optou por uma cerimônia daquelas tradicionais de F1: transmitida ao vivo pelo YouTube, em um grande teatro, com apresentação de dança, música clássica, trajes de gala e por aí vai.

O branco foi para o topo e o vermelho para a base do novo carro da Alfa Romeo (Foto: Alfa Romeo)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“O lançamento do carro é sempre um momento emotivo após meses de esforços de todo mundo na fábrica e o começo de uma nova aventura. Acredito que a filosofia interna da equipe continua a mesma, precisamos fazer um trabalho melhor do que estávamos fazendo”, disse Frédéric Vasseur, chefe da equipe.

“Terminamos a temporada passada em oitavo lugar, então temos o objetivo de melhorar esse resultado em 2021. Para isso, temos que continuar melhorando em cada área, nas pistas e na fábrica. Todo time no grid possui grandes expectativas atualmente, todas as equipes esperam fazer um bom inverno e estar em boa posição para a primeira corridas, mas logo será a hora de todos mostrarem suas credenciais”, completou.

O C41 é essencialmente uma continuação de seu antecessor, o C39 – sim, a equipe pulou o C40. Com o regulamento técnico praticamente inalterado de 2020 para 2021, a Alfa Romeo apenas prosseguiu com o desenvolvimento. Isso, entretanto, não é necessariamente uma notícia boa: a equipe penou na temporada passada, muito por conta do desempenho pífio da unidade de potência da Ferrari, parceira técnica pelo menos até 2025.

Alfa Romeo espera melhorar no Mundial de Construtores após decepcionante campanha em 2020 (Foto: Alfa Romeo)

Na comparação com a Haas, rival direta por ter também o motor italiano, a Alfa Romeo foi relativamente bem. Acontece que, mesmo com um trabalho até digno no desenvolvimento ao longo de 2020, não havia muito como ir além do oitavo lugar no Mundial de Construtores.

Os resultados fracos, entretanto, não custaram o emprego de ninguém. Räikkönen e Giovinazzi renovaram e seguem companheiros pela terceira temporada consecutiva. A equipe chegou a flertar com Mick Schumacher, mas apostou na continuidade.

A temporada 2021 da Fórmula 1 começa em 28 de março, data do GP do Bahrein. Só que a Alfa Romeo terá de ir ao Oriente Médio antes disso, dada a pré-temporada entre os dias 12 e 14.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube