Alpine admite Doohan como opção para vaga de Ocon na F1 2025: “É uma possibilidade”

Com a saída de Esteban Ocon já confirmada para a temporada 2025 da Fórmula 1, Bruno Famin, chefe da Alpine, admitiu que Jack Doohan está na lista de cotados para vaga

Todo o desentendimento entre Alpine e Esteban Ocon, que começou após o incidente envolvendo o #31 e Pierre Gasly no GP de Mônaco, pode abrir um espaço para que Jack Doohan faça sua estreia na Fórmula 1 em 2025. Bruno Famin, chefe do time de Enstone, afirmou que o australiano é, sim, “uma opção” para a assumir a vaga deixada por Ocon em 2025, embora também tenha admitido que está analisando outros nomes.

Depois de competir por mais de duas temporadas na Fórmula 2, Doohan decidiu não continuar na principal categoria de acesso à F1 em 2024, mas focar integralmente nos testes com a Alpine para tentar uma vaga na classe rainha já no próximo ano. Apesar da chuva que caiu em Montreal durante o último fim de semana, o filho de Mick Doohan ainda conseguiu completar algumas voltas nos minutos finais do primeiro treino livre do GP do Canadá, sendo esta a sua quinta participação em atividades oficiais com a esquadra francesa — ele também completou TLs no México e Abu Dhabi em 2022 e 2023.

Após a etapa no circuito Gilles Villeneuve, quando Famin viu a sua dupla somar pontos importantes para a equipe na classificação do Mundial de Construtores — apesar de mais uma polêmica —, o dirigente falou sobre as possibilidades do jovem de 21 anos ser promovido à titular no certame do ano que vem. “Ele é uma opção, com certeza”, disse Bruno.

“Estamos preparando-o, fazendo alguns testes já há muito tempo. Ele tem um cronograma de testes bastante robusto e estamos felizes com isso, e vamos ver como ele se desenvolve”, continuou, antes de reafirmar que Jack é um candidato, mas não o único. “Ele é uma possibilidade entre outras, mas, sem dúvida, ele é uma possibilidade”, encerrou o chefe da Alpine.

Jack Doohan fez sua primeira participação na F1 em treino livre no México (Foto: Alpine)

Ainda no Canadá, o próprio Doohan foi questionado sobre as reais possibilidades de assumir o cockpit de Esteban, que não vai continuar vestindo o macacão azul e rosa em 2025. O australiano manteve os pés no chão, mas declarou mais uma vez que vem se preparando da melhor forma para ajudar a equipe.

“Na Fórmula 1, é difícil dizer que algo é certo. Meu sonho é estar no grid, meu sonho é estar na categoria. Estou na equipe como piloto reserva me preparando para estar no carro. Cada vez que faço isso, seja no simulador ou na pista, e aprendo mais sobre marketing e comunicação, estou tentando me posicionar para ter essa oportunidade”, declarou Jack.

Questionado se está preparado para assumir a responsabilidade na esquadra liderada por Famin, Doohan não titubeou. “Muito! A quilometragem completada no carro de 2021, e depois dois dias no carro de 2022, fez eu me sentir muito confortável [para o TL1 no Canadá]. Estava me sentindo completo, sem medo, dentro da minha zona de conforto”, lembrou. “Felizmente consegui mostrar o que posso fazer nesses testes, que são muito mais longos”, finalizou.

Fórmula 1 volta entre os dias 21 e 23 de junho, em Barcelona, com o GP da Espanha, décima etapa da temporada 2024.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.