Andretti tem “acordo formal” para utilizar motores Renault na Fórmula 1, revela Mario

Mario Andretti afirmou que a equipe da família já costurou um acordo de fornecimento de motores e tem acordo pronto

FÓRMULA 1 RESISTE À POSSÍVEL ENTRADA DA ANDRETTI EM 2024. POR QUE?

Faz pouco mais de uma semana desde que Mario Andretti revelou que a equipe que leva o sobrenome da família tem planos concretos de fazer parte do grid da Fórmula 1. As informações de que a Andretti entrou em contato com a FIA e espera a sinalização de que pode seguir em frente ganharam novos contornos. Segundo o Andretti Pai, a equipe já tem um acordo com a Renault para fornecimento de motores na F1.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Mercedes mais rápida, Ferrari maratonista: os números gerais dos testes de Barcelona

Andretti, que, é bom destacar, não é o chefão da equipe – este é Michael Andretti, o filho -, fez questão de reiterar a seriedade do projeto.

“Não somos apenas os novos brinquedos na praça. Sabemos quais os requisitos e que o tempo é fator. Quando definimos que era para começar o projeto, aí é obrigação de ir em frente. Há muito trabalho a ser feito. Sabemos onde as instalações serão construídas no Reino Unido e sabemos que temos pessoal, indivíduos importantes que já fizeram esse tipo de trabalho. Temos muitas coisas na cabeça”, disse em entrevista ao criador de conteúdo David Lang.

“Temos um acordo formal com uma fornecedora de motores: será a Renault. Já tenho permissão para dizer isso agora”, garantiu.

Atualmente, a Renault só fornece motores para a própria equipe, a Alpine (Foto: F1)
Paddockast #137 | O que aprendemos com os lançamentos dos carros da F1 2022?

Ainda de acordo com o veterano, uma das preocupações no paddock da F1 – sobretudo da Mercedes – é que a Andretti acertasse com a Ferrari para o serviço. Desta maneira, a fábrica italiana passaria a fornecer motores para quatro equipes e empataria com a fábrica anglo-alemã.

“Há muita especulação de Toto Wolff, porque estava preocupado de que nosso acordo seria com a Ferrari e a Ferrari passaria a ter mais votos que ele e coisas assim. Enfim, temos muito a avançar ainda, entendo essa parte, mas estamos prontos. Temos parceiros incríveis”, seguiu.

“Eu mesmo estou nessa há 67 anos, então sei o que acontece nos dois lados do Atlântico. É um grande desafio, incrível mesmo da parte de Michael. Mostra como ele é ambicioso. É o negócio dele, ponto final”, encerrou.

A FIA agora é quem tem o poder de definição sobre a sequência do projeto da Andretti.

COMO FOI O ÚLTIMO DIA DA PRÉ-TEMPORADA DA FÓRMULA 1 2022 EM BARCELONA | Briefing
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar