Atingido por Stroll em pit-stop, mecânico da Racing Point escapa de lesões

A equipe informou que o mecânico teve alguns machucados no incidente em Ímola, mas voltou ao trabalho no mesmo dia para auxiliar na desmontagem dos equipamentos

O mecânico que foi atingido por Lance Stroll no pit-stop no GP da Emília-Romanha de domingo (1) escapou de lesões mais sérias. De acordo com a Racing Point, o profissional teve alguns machucados menores, mas voltou ao trabalho no mesmo dia, ajudando na desmontagem da estrutura da equipe em Ímola.

Já na reta final da corrida em Ímola, Stroll passou do ponto na hora de parar nos boxes e acabou causando a queda do mecânico que estava bem à frente do carro. Apesar do susto, a Racing Point explicou que o profissional não sofreu “nada sério” e voltou ao trabalho no mesmo dia.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“No último pit-stop, estava com os freios realmente frios e isso fez com que ultrapassasse o limite do pit-box”, explicou Stroll. “Estou realmente feliz em saber que meu mecânico está bem. Isso é o mais importante”, frisou.

O GP da Emília-Romanha, aliás, não foi lá um grande dia para Stroll, que recebeu a bandeirada apenas em 13º, 29s163 atrás de Lewis Hamilton, o vencedor.

“Foi um dia realmente difícil. O contato com Esteban [Ocon] na primeira volta realmente arruinou a minha corrida e tive um dano significativo na asa dianteira. É uma pena, pois tinha conseguido ganhar algumas posições na largada”, apontou o canadense. “Depois do toque, paramos no fim da primeira volta e mudamos para os pneus duros, mas sabíamos que sem uma corrida realmente tumultuada, seria difícil recuperar posições, pois é muito difícil ultrapassar aqui”, continuou.

“Não tem muitas coisa positiva para tirar de hoje. Vou trabalhar duro para dar a volta por cima na Turquia”, encerrou.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube