Binotto diz que 1ª vitória como chefe da Ferrari “não conta”. É que mérito é de Leclerc

Mattia Binotto, chefe da Ferrari, não aproveita a primeira vitória de 2019 para elogiar sua própria gestão. O dirigente ressalta o trabalho de Charles Leclerc e do resto dos funcionários, que mostraram que “a força da equipe é muito importante”

Mattia Binotto, chefe da Ferrari, não quer ficar se gabando após a vitória de Charles Leclerc no GP da Bélgica, primeira da atual gestão. O dirigente quer que os aplausos sejam todos direcionados ao piloto e ao resto da equipe, que se esforçaram ao máximo e fizeram acontecer um triunfo apertado sobre Lewis Hamilton em Spa-Francorchamps.
 
“Sendo bem sincero, não acho que minha primeira vitória como chefe de equipe realmente conta”, disse Binotto. “Fico mais feliz pelo Charles, mais feliz pela equipe. Se há aplausos, é para eles. Acho que estamos trabalhando como equipe e nossos papeis não importam. Hoje nós provamos que a força da equipe pode ser muito importante”, seguiu.
 
Por mais que Binotto recuse aplausos e mérito, a vitória vem em um momento importante. A Ferrari que tanto recebeu críticas na primeira metade do ano ganhou sobrevida após as férias de agosto – e logo antes do tão importante GP da Itália, em Monza.
Charles Leclerc conseguiu a primeira vitória da carreira na F1 (Foto: Beto Issa)

Só que a importância não termina aí. A vitória de Leclerc, primeira da carreira, coincidiu com um momento difícil após a morte do amigo Anthoine Hubert na rodada da Fórmula 2. Para Sebastian Vettel, que bancou o escudeiro para ajudar Charles, foi importante para provar o valor do trabalho em equipe.

 
“Era importante que ele conseguisse isso [primeira vitória] aqui porque ele e o Anthoine eram amigos próximos”, destacou Binotto. “Essa é a melhor forma de recordá-lo. O fim de semana dele foi fora de série desde a sexta-feira e ele realmente mereceu a vitória. O Seb também encaixou uma boa corrida e mostrou ritmo forte no primeiro stint, mas decidimos adiantar o pit dele para proteger sua posição. Isso significou que os pneus começaram a se desgastar muito na parte final da corrida. Ele ajudou seu companheiro e mostrou mais uma vez que tem vontade de trabalhar pelo bem da equipe”, seguiu.
 
O tão importante GP da Itália, em Monza, é já nesta semana. A corrida está marcada para 8 de setembro.

Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube