Bottas reclama de volante torto na Turquia e diz: “Vou tentar bater Hamilton em 2021”

Valtteri Bottas foi um dos destaques negativos do GP da Turquia. O finlandês foi protagonista de várias rodadas, ficou longe até da zona de pontuação e agora, definitivamente, fora da luta pelo título

Valtteri Bottas alinhou em nono lugar no grid de largada do GP da Turquia com esperança de adiar a decisão do título em pelo menos mais duas semanas. Só que o nórdico falhou miseravelmente na tarde deste domingo (15). Não apenas porque Lewis Hamilton venceu de forma retumbante em Istambul, mas também porque sua própria performance ficou bem longe do que se espera de um piloto de ponta e que conta com o melhor carro do grid.

O dono do carro #77 rodou logo na primeira curva depois de tentar se desvencilhar de uma escapada de Daniel Ricciardo. Pouco depois, se envolveu em um enrosco com Esteban Ocon, também da Renault. Daí em diante, o finlandês teve um desempenho irreconhecível, com incontáveis rodadas ao longo da prova.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

F1; GP DA TURQUIA; VALTTERI BOTTAS;
Deu tudo errado para Valtteri Bottas neste domingo (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Para piorar, Bottas chegou a levar uma volta de Hamilton. O piloto terminou apenas na 14ª colocação dentre os 16 que terminaram a corrida.

“Foi uma longa corrida. Um dia muito longo”, falou Valtteri pouco depois de uma jornada esquecível em Istambul.

“Na primeira volta, deu tudo errado. Não sei se era Daniel ou alguém na primeira curva rodando. Tentei evitar [o contato] e rodei também. Aí tive o toque na curva 9 com Ocon e o carro não foi mais o mesmo”, descreveu.

Na visão de Bottas, o incidente com Ocon foi determinante para a falta de performance na sequência da disputa. “Me esforcei para seguir no traçado correto. Eu não conseguia ficar no caminho certo. O volante estava torto e faltava uma peça na asa traseira”.

Sobre a conquista histórica de Hamilton, heptacampeão mundial, só restou a Bottas reconhecer o mérito do companheiro de equipe. “Ele merece completamente. Ele foi o melhor de nós na média, bom demais para ele”, disse o competidor, já pensando em 2021. “Vou tentar batê-lo no ano que vem”.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube