Bracelete da sorte de Schumacher é encontrado na área do acidente em Méribel, diz rádio francesa

De acordo com a rádio France Bleu Isère, Corinna Schumacher pediu para que o bracelete que o piloto usava fosse procurado no local onde Michael se acidentou enquanto praticava esqui nos Alpes Franceses

Um bracelete, tido como amuleto por Michael Schumacher, foi encontrado no local onde o alemão caiu enquanto esquiava na estação de esqui de Méribel, nos Alpes Franceses, há três semanas. A informação é da rádio France Bleu Isère.

De acordo com a emissora, o bracelete era um presente que o piloto ganhou da esposa, Corinna. A mulher do heptacampeão pediu para que o item fosse procurado, e só foi achado depois que uma equipe cavou fundo na neve na tentativa de encontrá-lo. A rádio diz ter “várias e independentes fontes que confirmam o achado”.

Michael Schumacher usava bracelete no momento do acidente (Foto: Mercedes)

O acidente

Schumacher esquiava com o filho Mick na estação de esqui de Méribel, nos Alpes Franceses, em 29 de dezembro, quando saiu da área demarcada e caiu em um trecho com várias pedras, batendo a cabeça e o rosto violentamente contra uma delas, a uma velocidade estimada como sendo a de um "esquiador muito bom", segundo os investigadores que analisaram o caso.
 
Encontrado consciente porém desorientado, o ex-piloto de Jordan, Benetton, Ferrari e Mercedes tinha o capacete partido ao meio e "muito sangue" na cabeça. Resgatado, o germânico sofreu um colapso e entrou em coma antes mesmo de chegar ao CHU de Grénoble. Reanimado, passou por uma cirurgia de emergência na cabeça e dois dias depois, enfrentou novo procedimento. Médicos indicam que Michael "luta pela vida". Seu estado é considerado estável há quase três semanas.

Dinâmica do acidente sofrido por Schumacher (Infográfico: Rodrigo Berton)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube