F1

Brawn fala em “passo significativo” e crê que Leclerc vai promover renovação necessária na Ferrari

Ross Brawn, diretor-esportivo da F1, avaliou o primeiro ano de Charles Leclerc no Mundial e acha que o jovem vai fazer muito bem à Ferrari no ano que vem, quando será companheiro de Sebastian Vettel. O dirigente acredita que o monegasco vai trazer a renovação que a equipe precisa para voltar mais forte
Warm Up / Redação GP, de Curitiba
 Charles Leclerc (Foto: Sky Sports/Twitter)
Diretor-esportivo da F1, Ross Brawn acredita que a chegada de Charles Leclerc à Ferrari vai proporcionar uma renovação necessária em Maranello na temporada 2019. O jovem monegasco vai se juntar à esquadra italiana depois de um único ano na Sauber, em que terminou nos pontos em dez etapas, tendo como melhor resultado o sexto lugar no GP do Azerbaijão. 
 
Leclerc, que foi responsável por 39 dos 48 pontos somados pelo time suíço em 2018, desembarca na mais tradicional das equipes com enorme expectativa para substituir o veterano Kimi Räikkönen. 
Charles Leclerc (Foto: Sky Sports/Twitter)
Por tudo que mostrou no ano de estreia, Brawn crê que Charles vai ser capaz de lidar com a pressão de guiar os carros vermelhos e que vai trazer novas energias às garagens italianas. "Charles Leclerc foi realmente impressionante em termos de velocidade e talento", disse o ex-diretor de Ferrari e Mercedes. "Mas agora ele vai dar um passo significativo."
 
"Tenho certeza que sua chegada à Ferrari será um grande impulso para a equipe e servirá de motivação também para Sebastian Vettel", completou.
 
Leclerc já fez a primeira aparição com o macacão vermelho da Ferrari. O jovem guiou a SF71H durante o segundo dia de testes coletivos em Abu Dhabi. Foi dele o melhor tempo da sessão, inclusive.