Briatore afirma que Alonso não se lembra de “acidente normal” em Barcelona e rejeita teorias sobre caso

Flavio Briatore, ex-chefe de Fernando Alonso, disse que está por dentro do que aconteceu com o piloto espanhol e destacou que os exames médicos apontaram um resultado negativo. Por outro lado, Alonso não se lembra da batida, segundo o italiano

Fernando Alonso não se lembra do acidente que sofreu no último domingo (22) durante os testes da F1 em Barcelona. O relato é feito por Flavio Briatore, chefe do espanhol na equipe Renault entre 2003 e 2006 e em 2008 e 2009, além de ex-empresário.
 
Briatore destacou que o impacto foi forte contra o muro de proteção, porém definiu como “normal” o acidente sofrido pelo piloto da McLaren.
 
“Ele não se lembra do incidente, mas isso é normal. Acho que ele sai do hospital na terça”, disse em entrevista à rádio ‘RAI’.
Fernando Alonso é levado de helicóptero para hospital em Barcelona (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
O italiano também fez questão de negar as teorias que surgiram a respeito do acidente — a principal delas, de que Alonso foi eletrocutado por uma falha no isolamento do sistema de recuperação de energia do carro. “Foi apenas um acidente. Pela telemetria, vemos que ele estava tentando manter o carro na pista. Eu não entendo essas histórias. Foi um acidente normal. Infelizmente, essas coisas acontecem, mesmo com um piloto como Fernando, pois as forças G são tremendas. Em outros momentos, você pode ter uma batida muito mais espetacular sem que nada aconteça com você”, comentou.
 
 
“É o segundo acidente sério da sua carreira”, continuou Briatore. “O primeiro foi em 2004 [na verdade, foi em 2003], quando ele bateu muito forte em São Paulo.”
 
“O importante é que todos os exames deram negativo”, concluiu.
 

O TETRA AGORA É SESSENTÃO

Para muitos brasileiros, um vilão. Para a França, o único campeão de F1 nascido no país. Para a história, um dos maiores pilotos que o mundo já viu. Este é Alain Prost, que, nesta terça-feira (24), completa 60 anos de vida. Ao mesmo tempo em que colocou no currículo números impressionantes, construiu uma das mais ricas e controversas trajetórias do automobilismo. Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.

10+
As maiores vitórias de Prost na F1

PARECE, MAS NÃO É

Jenson Button ainda não teve um dia decente de testes nesta pré-temporada, sendo sempre atrapalhado pelos problemas mecânicos do carro da McLaren, mas demonstra confiança ao afirmar que a situação do time “parece pior do que é”. Button, que está na F1 há 16 temporadas, diz que esta nem é sua pior pré-temporada. Ele destacou que teve começos ruins na própria McLaren e que os contratempos foram contornados. Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube