Button desmente chefe da McLaren e nega renovação para 2016: “Ainda não há nada acertado”

Em meio às críticas pela falta de desempenho da McLaren Honda, Ron Dennis veio a público após o GP do Japão para assegurar que Fernando Alonso e Jenson Button seguirão como a dupla da equipe em 2016. Mas o britânico desmentiu o chefão da McLaren ao afirmar que ainda não tem nada certo para o ano que vem

Definitivamente, a má fase da McLaren em 2015 faz com que ninguém se entenda dentro da equipe. Depois de mais um fiasco na temporada no GP do Japão, Ron Dennis veio a público para arrefecer os rumores e assegurar que Fernando Alonso e Jenson Button vão ficar no time para 2016. Contudo, Button tratou de desmentir seu chefe e deixar claro que nada ainda está definido para o Mundial do ano que vem.

“Esta é a vontade dele”, afirmou o britânico, que ainda não confirmou qual será seu destino em 2016. Button, na entrevista coletiva que antecedeu a corrida em Suzuka, disse que estará feliz com o destino traçado para a próxima temporada.

Jenson Button desmentiu Ron Dennis e disse que seu futuro na McLaren para 2016 ainda não está fechado (Foto: AP)

Mas até o momento, não há nada certo. “Não vou comentar nada sobre algo que não sei. É um assunto privado e isso não deveria se tornar público. E não é o momento de dizer nada porque ainda não há nada acertado”, bradou Button, configurando em mais uma saia justa da McLaren nesse desastroso 2015 até o momento.

Tudo na esteira de um vexame na casa da Honda. Alonso, mais assertivo, disparou ao falar sobre a performance “vergonhosa” da McLaren ao ser ultrapassado com facilidade por Max Verstappen, Marcus Ericsson e Felipe Nasr durante a prova. Quando foi passado por fora pelo holandês na curva 1 de Suzuka, Fernando não aguentou e disparou contra o “motor de GP2” da Honda.

Com a cabeça mais fria, Alonso falou ao jornal espanhol ‘El Confidencial’ e procurou colocar panos quentes. “A Honda tem meu total apoio. As pessoas da Honda, quando eu os vejo, vêm e me pedem perdão e paciência, e o apoio permanece o mesmo, mas quando você é ultrapassado pela Sauber de Ericsson, é duro”, disse.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube