Cancelamento de fachada? Promotor abre porta para remarcação do GP da Austrália

Andrew Westcott, diretor-executivo do GP da Austrália, afirmou que o uso da palavra 'cancelamento' foi para evitar deixar dúvidas no público presente de que não haveria evento, mas falou que é possível realizar a prova em 2020

Quando a Fórmula 1 comunicou a decisão de não realizar o GP da Austrália, na última quinta-feira (13), utilizou a palavra 'cancelamento' para definir que não haveria corrida e fechar as portas. Entretanto, os GPs do Vietnã, do Bahrein e da China estão somente adiados, ao menos de forma oficial. Por que a Austrália é a única cancelada? Segundo o promotor do evento, foi apenas uma estratégia de comunicação.
 
Andrew Westcott, diretor-executivo da corrida, afirmou que o uso da palavra 'cancelamento' foi pensado cuidadosamente para dispersar a multidão que se aglomerava na entrada do Albert Park. Embora noite de quinta-feira no Brasil, a decisão foi tomada menos de duas horas antes do primeiro treino livre, na manhã da sexta-feira da Austrália. 
Quinta-feira em Melbourne (Foto: Ferrari)
"Era importante usar a palavra 'cancelamento' por causa da iminência e do timing do que acontece. Era importante certificar os fãs que estavam em Melbourne, nos portões, de que não era um adiamento para outro período de dias ou horas. A palavra 'cancelamento' foi usada deliberadamente", disse.
 
Desta forma, a prova não foi cancelada de vez. Westcott, então, deixou a porta aberta para a possibilidade de remarcação.
 
"Na F1, nunca se diz nunca. Temos trabalhado aqui e agora com Chase [Carey], a FIA e a F1 e iremos trabalhar o assunto, mas não começamos a pensar sobre recolocar no futuro ou algo assim, mas vai ser na hora certa", encerrou. 
 
A F1 espera começar o campeonato somente na segunda quinzena de maio. 

 

Paddockast #50
GRANDES PROMESSAS QUE NÃO VINGARAM

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar