Sainz vê começo abaixo da Ferrari no Catar. E Leclerc pede foco na classificação

Carlos Sainz entende que a Ferrari não teve um grande início nos treinos livres do GP do Catar. Charles Leclerc, que ficou atrás do companheiro no TL2, espera que o time trabalhe, principalmente, no acerto para a classificação

A Ferrari não teve um início dos sonhos no Catar. Nesta sexta-feira (19), a equipe não colocou nenhum carro no top-5 em nenhuma das duas sessões de treinos livres e, no TL2, não viu nem Carlos Sainz, nem Charles Leclerc dentro do grupo dos nove mais rápidos.

Sainz, que ficou em sexto e em décimo nas atividades que abriram o fim de semana, elogiou a velocidade do traçado de Losail e destacou que os times precisaram mudar radicalmente os acertos previamente imaginados para a pista catari.

“O primeiro dia em uma pista desconhecida é sempre animador e desafiador, uma experiência completamente nova. Sinceramente, acho que todos se surpreenderam com a velocidade da pista, de como as curvas são rápidas. Isso se traduziu em trabalho intenso em cima de um acerto que tínhamos imaginado”, disse.

O espanhol admitiu que a Ferrari não está ainda na melhor forma possível para a disputa, mas não mostrou muita preocupação, confiando na reação antes da definição do grid.

“Não estamos exatamente onde gostaríamos de estar, precisamos trabalhar bem durante a noite porque a disputa é bem apertada. Tenho plena confiança que podemos acertar os ponteiros e que vamos subir no pelotão”, seguiu.

A Ferrari, de Carlos Sainz e Charles Leclerc, começou mais ou menos no Catar (Foto: Ferrari)

Leclerc foi ainda mais discreto que o companheiro. Sétimo no TL1, o monegasco ficou apenas em 13º no TL2, mas também consegue ver o lado cheio do copo.

“Gostei mesmo da pista de Losail, é ótima. É sempre interessante uma pista nova entrando no calendário. Conseguimos uma boa quilometragem com os dois carros, entendemos a pista, as características do traçado, pegamos o máximo possível de dados”, falou.

Charles, porém, também reconheceu que a Ferrari está devendo em ritmo de classificação, ainda que a simulação de corrida tenha sido positiva.

“Nosso foco precisa estar na classificação, nossos stints longos estão bons. É achar um equilíbrio entre o primeiro e o último setor, os pneus estão sofrendo com a temperatura”, completou.

Com Leclerc e Sainz em alta, a Ferrari passou e abriu em relação ao que tem a McLaren em 2021, na acirrada disputa pelo terceiro lugar do Mundial de Construtores.

Fórmula 1 acelera neste fim de semana com o debutante GP do Catar, que será disputado no circuito de Losail. O treino livre 3 está marcado para 8h (de Brasília, GMT-3) deste sábado, e a classificação está marcada para 11h, sempre com transmissão ao vivo do canal por assinatura BandSports e do serviço de streaming F1 TV Pro. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades de pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar