Caterham admite que desempenho de Kovalainen na Lotus pesou contra finlandês na disputa por vaga

Tony Fernandes, chefe da Caterham, admitiu que, entre outros fatores, um dos que mais pesou na escolha de Kamui Kobayashi foi o fraco desempenho do finlandês Heikki Kovalainen com a Lotus

Tony Fernandes, dono da Caterham, admitiu que o fraco desempenho de Heikki Kovalainen na Lotus pesou contra o finlandês na escolha dos pilotos da equipe anglo-malaia para 2014.
 
Neste domingo (9), Fernandes explicou que existiram outros fatores para definir a dupla da escuderia para 2014, mas que o ritmo de Kovalainen ao substituir Kimi Räikkönen na Lotus foi um dos mais importantes.
 
“Obviamente nós estaríamos mentindo se falássemos que não pesou na escolha. Era uma mistura de fatores e sabemos que em todas as escolhas nós encontramos prós e contras”, disse o dono da Caterham.

Desempenho de Kovalainen pela Lotus pesou na escolha da Caterham (Foto: Carsten Horst/Hyset)

Fernandes admitiu que a definição da dupla de pilotos não foi fácil, mas como a intenção era mesclar juventude e experiência, Kovalainen concorreu com Kamui Kobayashi pelo posto. A definição acabou ficando por conta do proprietário.
 
“Eu ouvi muitos membros da equipe e havia quem quisesse o Kovalainen e quem quisesse o Kobayashi. Eu tive de fazer minha escolha”, explicou.
 
Fernandes fechou afirmando que o time precisa de características mais frias. Para o malaio, esta é a chave para o sucesso.
 
“Precisamos seguir em frente. Temos de ser mais frios para alcançarmos o sucesso”, disse para encerrar o assunto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube