Chefe da Haas vê popularização de “imagem errada” de Magnussen e garante que “ele não é selvagem”

Kevin Magnussen não é um piloto de selvageria da forma como falam. Ao menos essa é a opinião de Guenther Steiner, chefe da Haas e responsável pela segunda renovação contratual do dinamarquês na equipe norte-americana

Dentro do grid da F1 atual, Kevin Magnussen é o piloto com fama de mais agressivo. Assim é visto no paddock e pela opinião pública: alguém que assume todos os riscos, ignora a opinião alheia e não se furta em criar perigo. Mas o chefe dele na Haas, Guenther Steiner, acha que é uma fama injusta.
 
Apesar de acusações públicas feitas por Fernando Alonso e Charles Leclerc em diferentes momentos de 2018, Magnussen teve o contrato renovado por Steiner e pela Haas. A percepção do dinamarquês, ele aponta, não vai ao encontro da realidade.
 
"Vamos colocar dessa forma: ele é o cara com menos pontos de punição", disse em referência a Magnussen ter atualmente apenas dois pontos na carteira.
 
"Ele ficou com uma reputação tão ruim e a percepção das pessoas é que ele é esse cara selvagem. Está errado. Elas só olham para as estatísticas, mas precisamos ser objetivo, não subjetivo. Ser objetivo é ver quantas punições ele tem", opinou.
Kevin Magnussen e seu alebrije (Foto: Haas)

Outra desmistificação que tentou fazer foi que Kevin perde força na segunda metade das temporadas. Ele admite que isso aconteceu de certa forma em 2018, mas avalia que o dinamarquês não foi mal no segundo semestre.

 
"Há essa questão dita por aí de que a segunda metade da temporada de Kevin Magnussen sempre é ruim. De novo, de onde vem isso? Ele fez boas corridas na segunda metade da temporada nesse ano. Foi tão bem quanto na primeira metade dessa temporada? Não, mas eu não chegaria a nenhuma conclusão", defendeu.
 
"Não acredito que ele seja tão mal quanto as pessoas falam. É um piloto, ele pilota, luta pelo território. E é isso que pagamos para ele fazer, na verdade. Não queremos alguém que seja ultrapassado por todo mundo", encerrou.
 
Magnussen vai para o terceiro ano na Haas, sempre em parceria com Romain Grosjean. A pré-temporada de 2019 começa em fevereiro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube