Chefe da Manor Marussia exalta “talento brilhante” de Bianchi: “Será para sempre parte de tudo que conquistarmos”

Em uma nota divulgada na manhã deste sábado (18), John Booth lamentou a morte de Jules Bianchi em decorrência do grave acidente sofrido no GP do Japão do ano passado. Chefe da Manor Marussia exaltou o “talento brilhante” do piloto francês e afirmou que foi uma honra tê-lo no time

LEIA TAMBÉM

Jules Bianchi, 1989-2015Bianchi se torna 47º piloto da história a morrer na F1Suzuka entra para lista de circuitos fatais da F1
A Manor Marussia usou as primeiras horas da manhã deste sábado (18) para se manifestar de forma oficial sobre a morte de Jules Bianchi. Depois de nove meses inconsciente, o piloto não resistiu aos ferimentos resultantes do grave acidente sofrido no GP do Japão do ano passado.

 
Na volta 43 da corrida em Suzuka, Bianchi perdeu o controle na curva 7 e acertou em cheio o guindaste que tinha entrado na área de escape para remover o carro de Adrian Sutil, que tinha batido no giro anterior. Socorrido ainda na pista, Jules foi levado ao hospital e submetido a uma cirurgia de cerca de 4 horas. Um boletim médico divulgado pela Marussia dois dias depois da batida, informou que o piloto de 25 anos sofreu uma lesão axonal difusa, que é uma lesão ampla e devastadora e que, em mais de 90% dos casos, deixa suas vítimas em coma definitivo. 
Jules Bianchi somou os únicos pontos da Marussia na F1 (Foto: Marussia)
Em uma nota dirigida à imprensa, John Booth, chefe da Marussia, declarou que Bianchi será para sempre uma parte de tudo que a equipe conquistar.
 
“Palavras não podem descrever a enorme tristeza dentro do time nesta manhã”, começou Booth. “Ele deixou uma marca indelével na vida de todos nós e será para sempre parte de tudo que conquistarmos e de todos nossos esforços para seguir em frente”, continuou.
 
 “Jules era um talento brilhante. Ele estava destinado a grandes coisas no nosso esporte: sucesso que ele tão fortemente merecia. Ele também era um ser humano magnífico, deixando uma impressão duradoura em inúmeras pessoas ao redor do mundo. Elas reconheciam, assim como nós, que ao mesmo tempo em que era um piloto ferozmente motivado, ele também era uma pessoa extremamente calorosa, humilde e amável, que iluminava nossa garagem e nossas vidas”, declarou. 
 
“Nós somos incrivelmente gratos por termos podido dar a Jules a oportunidade de mostrar ao mundo o que ele podia fazer em um carro de F1. Nós sabíamos que tínhamos um piloto muito especial em nossas mãos desde a primeira vez que ele guiou o nosso carro na pré-temporada de 2013. Foi uma honra poder considerá-lo nosso piloto, nosso companheiro de equipe e, claro, nosso amigo”, seguiu.
 
“Nossos pensamentos e orações estão com a incrível família Bianchi, que permaneceu tão forte por Jules ao longo dos últimos nove meses. Por sua vez, Jules os fez valer tudo”, lembrou.
 
Por último, Booth agradeceu o apoio de todos desde o acidente sofrido por Bianchi em Suzuka em outubro passado.
 
“Por fim, nós gostaríamos de agradecer a todos que apoiaram Jules desde o acidente dele no Japão em outubro passado. Sua bondade foi uma fonte de conforto para a família dele e para nós, a equipe dele. Vamos contar com seu contínuo apoio nos próximos dias e meses, enquanto seguiremos correndo por Jules”, completou.

As imagens do acidente de Jules Bianchi
#GALERIA(5099)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube