Chefe da Mercedes prestigia Bottas e garante: “Ele tem apoio incondicional na equipe”

Toto Wolff deu uma força a Valtteri Bottas depois da jornada difícil do finlandês no último GP de Sakhir. O dirigente austríaco entende que seu piloto vai superar a má fase: “Ele é durão e resiliente”

A Mercedes busca prestigiar e dar todo o apoio moral a Valtteri Bottas depois de uma jornada abaixo da crítica no GP de Sakhir disputado no domingo passado. O finlandês, embora tivesse largado na pole-position no anel externo do circuito barenita, foi superado logo no início por George Russell, que substituiu Lewis Hamilton — infectado pelo Covid-19 — naquele fim de semana. Enquanto Russell brilhou em sua primeira corrida pela Mercedes, Bottas decepcionou. E de tão decepcionado, o nórdico sequer leu jornais nos últimos dias. Tudo para escapar das críticas.

Toto Wolff, chefe da Mercedes, procurou levantar a moral do seu titular. Bottas tem contrato renovado para a próxima temporada. “Ele é um cara durão e resiliente”, declarou o dirigente austríaco em entrevista coletiva na última sexta-feira (11) em Abu Dhabi, palco da corrida derradeira da temporada 2020 da F1.

VALTTERI BOTTAS; GP DE ABU DHABI; MERCEDES; F1; FÓRMULA 1;
Valtteri Bottas tenta se recuperar depois de uma jornada embaraçosa em Sakhir (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Na visão de Wolff, Bottas mostra um natural abatimento depois de perder as chances matemáticas de ser campeão do mundo. Lewis Hamilton confirmou a conquista do sétimo título mundial com uma atuação de gala e vitória no GP da Turquia.

“Perder um título não é algo fácil de digerir, e não se espera que seja fácil de digerir. Mas ele tem o apoio incondicional dentro da equipe, e acho que a cada ano isso o deixa mais ansioso para vencer”, disse.

“Vencer contra o melhor cara provavelmente pode ser a maior satisfação que um piloto pode ter. Mas isso cobra seu preço, como é de se esperar”, salientou Toto, que reforçou.

“De todos nós, acho que não só eu, ele tem o apoio incondicional de todos na equipe. Acho que ele consegue se levantar, e ele tem uma família que faz isso, ele tem seus colegas de equipe, a todos nós”, garantiu.

Sem tempo para descansar depois do último GP de Sakhir, Bottas só tem um objetivo para o último fim de semana da temporada: concluir 2020 com uma performance melhor.

“Estou muito concentrado neste fim de semana no meu próprio trabalho e em tentar mentalmente estar num bom lugar e vencer uma volta de cada vez. Mas, até aí, tudo bem”, falou.

A Fórmula 1 volta a acelerar logo mais, a partir de 10h (de Brasília), para o treino classificatório que vai definir o grid de largada do GP de Abu Dhabi. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar