Chefe da Red Bull diz que ronco do motor de Minardi antigo “emocionou mais” que carros atuais e pede foco da F1 no barulho

Christian Horner, chefe da Red Bull, afirmou que o ronco de motor que mais emocionou os fãs durante fim de semana do GP da Austrália foi o de um carro de 2005 da Minardi. Horner quer que a F1 pense no barulho dos carros antes da parte estética

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A evolução dos motores V6 Turbo junto à aerodinâmica da F1 para a temporada 2017 fizeram com que os roncos dos motores se tornassem 6 dB mais altos que os de 2014 – primeiro ano da geração atual de motores. Mas o aumento ainda não agrada todo mundo. O chefe da Red Bull, Christian Horner, é um dos saudosistas. Segundo ele, o som mais gostoso de ser ouvido durante o fim de semana do GP da Austrália foi o de um carro de 2005. E um Minardi, que andava no final da fila da F1.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Horner concedeu que o ronco dos carros atuais é bem melhor daquele extremamente criticado em 2014, mas avaliou que ainda está longe do ideal. Para Horner o fato do som de um Minardi que era pouco competitivo e fraco de barulho em seu tempo de competição ser superior a todos os carros atuais deixa claro que o ronco dos motores precisa ser revisado. Segundo o chefe da Red Bull, antes de pensar na questão estética a F1 deveria focar mais nos barulhos.

 
"Acredito que atualmente está muito bom, mas no lugar do foco na estética eu preferia que nos concentrássemos no barulho. O carro com o melhor barulho e que mais emocionou no final de semana foi um Minardi PS04, um carro que há 12 anos tinha o pior motor na questão sonora e era irremediavelmente pouco competitivo", disse. A Minardi marcou apenas sete pontos naquele ano: todos no polêmico GP dos Estados Unidos da discórdia – então já com um outro chassi, o PS05.
 
"Creio que quando se escuta a acústica de um motor V10 é só olhar os rostos ao redor do circuito para ver a felicidade entre os fãs da F1. Faria muito mais sentido trabalhar neste elemento que na estética dos carros neste momento", seguiu.
Uma coleção de 'Verstappens' na F1? É o que Ross Brawn quer. E falando em coleção, já viu a última da Red Bull Racing?

Clique aqui e veja as novidades #PumaMotorsport #FasterTogether 

Não é só Horner que tem essa opinião. Toto Wolff compartilha e acredita que o ronco dos motores não é necessariamente algo que obrigue a F1 a deixar de lado a tecnologia bem evoluída.

 
"Devemos trabalhar no ronco do carro. É algo que se deve levar em consideração na próxima geração de motores. Não havia ênfase suficiente em ronco no passado. E, sim, podemos combinar grande tecnologia , grande quantidade de cavalos de potência e um bom ronco. Seria realmente magnífico", encerrou.
 
A FIA realiza uma reunião em Paris na próxima sexta-feira, 31 de março, para tratar dos motores que a F1 utilizará a partir da temporada 2021.

 

DEBATE QUENTE SOBRE AS ESTREIAS DE F1 E MOTOGP. ASSISTA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube