F1

Chefe da Red Bull diz que Verstappen ficou “entediado” no GP do México e revela problemas para controlar ritmo

Sem ser ameaçado ao longo de 71 voltas, Max Verstappen ficou “entediado”. Isso porque, em essência, tudo que o holandês precisou fazer foi controlar o ritmo para não forçar demais o carro da Red Bull no Hermanos Rodríguez
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Max Verstappen venceu, mas não foi uma epopeia. Ao contrário das vitórias anteriores do holandês, no GP do México o piloto praticamente não foi desafiado ao longo das 71 voltas. Desse jeito, Verstappen chegou a ficar “entediado” no Hermanos Rodríguez.
 
O tédio tem a ver com o único grande desafio de Verstappen no México – controlar o ritmo para evitar problemas no carro. Precisando se controlar para não pisar fundo, Max se aborreceu.
 
“O grande desafio dessa corrida foi segurar o ritmo dele, não acelerar, o que é bem inusitado”, disse Christian Horner, chefe da Red Bull. “Acho até que ele ficou meio entediado algumas horas. A gente estava pedindo pra ele andar mais devagar e ele ficava frustrado por não conseguir”, seguiu.
Foi tão simples que Max Verstappen ficou até entediado (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Isso aconteceu porque os adversários óbvios de Verstappen se implodiram na primeira volta. Lewis Hamilton e Sebastian Vettel se tocaram e precisaram de pit-stops extras. Desse jeito, os rivais na briga pelo título – já assegurado pelo britânico – só puderam brigar por pontos. Valtteri Bottas assumiu o segundo lugar, mas não tinha ritmo para atacar Max.
 
A vitória no México foi a terceira da Red Bull em 2017. Com Verstappen, a equipe mostrou força no treino classificatório – mas acabou derrotada por Sebastian Vettel. Depois do revés, a missão na corrida era dar o troco.
 
“Ele [Verstappen] ama brigar por posição. O que ele fez nas primeiras curvas serviu para ver que, depois da classificação, ele foi para a pista querendo vencer a corrida mais do que qualquer outro piloto”, encerrou Horner.
 
VIGIAR E PUNIR

COM GALID OSMAN, PADDOCK GP #101 QUESTIONA: VERSTAPPEN MERECEU PUNIÇÃO EM AUSTIN?