Chefe da Sauber diz que está diminuindo distância para ‘F1 A’ de forma “gigantesca”

Segundo Frédéric Vasseur, chefe da Sauber, o fã de F1 pode esperar uma diminuição enorme da distância da equipe suíça para as rivais do top-3 da categoria, Ferrari, Red Bull e Mercedes, em 2019

A Sauber conseguiu avançar do último lugar da F1 em 2017 para o oitavo em 2018 – mas, mais que isso, mostrou evolução no carro em termos de confiabilidade e velocidade. Para 2019, então, a expectativa é de avanço ainda maior.

Essa é a opinião de Frédéric Vasseur, chefe da equipe suíça. Em entrevista ao 'Motorsport', ele afirmou que vê o novo carro diminuindo a distância para o top-3 da categoria, formado por Ferrari, red Bull e Mercedes, de maneira animadora.

Frederic Vasseur (Foto: Sauber)

"Meu foco é a distância para as equipes grandes. É a melhor maneira de monitorar o que estamos fazendo, porque eles possuem maior oorçamento e, se somos capazes de manter ao menos a mesma distância para eles, significa que estamos avançando", disse.

"Mas nós estamos diminuindo essa distância de forma gigantesca em comparação ao ano passado. Gigantesca", apostou.

A Sauber terá uma nova dupla para 2019: Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi, em substituição a Charles Leclerc, que foi para a Ferrari, e Marcus Ericsson, que se mudou para a Indy.

Mas Vasseusrsabe que não dá para se empolgar tanto e que seguir crescendo será a parte mais complicada. "O próximo passo é o mais difícil. É só ver a Renault. Quando eu trabalhei lá, eles estavam no fundo do grid. Para subir para sexto, quinto, agora quarto, com o orçamento deles é uma coisa. Não é fácil, mas é uma coisa. Alcançar as equipes do topo é outra", finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube