Com 7° e 8°, Norris diz que meta da McLaren na Hungria é “manter posições”

A McLaren colocou seus dois pilotos no Q3 do treino de classificação para o GP da Hungria: Lando Norris sai em sétimo, Carlos Sainz em oitavo. Para o britãnico, então, o objetivo é claro: manter as coisas assim na corrida

Red Bull, Ferrari e Mercedes ocupam as seis primeiras posições no grid de largada para o GP da Hungria do próximo domingo (4). Mas, na briga do 'resto', a vantagem é clara para uma equipe: a McLaren.

Lando Norris garantiu a sétima colocação no treino de classificação deste sábado, enquanto Carlos Sainz sai logo atrás, em oitavo. Desta forma, os pilotos já podem planejar a meta para a corrida em Hungaroring.

"O objetivo é manter as posições. Se der para ir além, melhor ainda", analisou o mais jovem da dupla.

Norris também comentou seu treino: "Foi bom. Para nós, como equipe, foi positivo. É bom dar essa volta por cima após não termos ido bem em Hockenheim. Minha volta foi boa tirando a última curva. Acho que vou melhor em pistas nas quais já andei antes."

Carlos Sainz (Foto: McLaren)
Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Sainz também ficou feliz com o resultado: "Boa classificação. Bom ver nós dois sermos os melhores do restante. É bom, também, estarmos dois décimos mais rápidos do que [Romain] Grosjean e [Kimi] Räikkönen."

"Dei uma boa volta no Q3, mas um décimo abaixo de Lando (1min15s800 para Norris, 1min15s852 para o espanhol). Não comecei o Q1 de forma confortável. Então alcançar essa marca foi uma boa evolução após o Q1", concluiu o espanhol.

O GP da Hungria, 12º da temporada e último da primeira parte do campeonato, tem início marcado para 10h10 de domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO E EM TEMPO REAL

ASSISTA AO PRANCHETA GP

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube