Com Grosjean, Lotus aproveita segunda bateria de testes coletivos no Bahrein e exibe E22

A Lotus aproveitou a segunda bateria de testes da F1 no Bahrein para também lançar o E22, o carro com qual vai correr em 2014 no Mundial. Romain Grosjean é o responsável pelos treinos nesta quarta-feira (19) em Sahkir

A segunda bateria de testes da F1 no Bahrein também promoveu o lançamento do E22, o carro com o qual a Lotus vai disputar a temporada 2014 do Mundial. Os treinos coletivos começaram na manhã desta quarta-feira (19) na pista de Sahkir.

O desenho do novo modelo já havia sido revelado no fim do mês passado pela esquadra preta e dourada e, na última semana, foi à pista para um shakedown em Jerez de la Frontera. O carro da Lotus se tornou o último a integrar o grid, já que o time pulou a primeira semana de atividades, na Espanha, no início de fevereiro.

Grosjean deixa os boxes da Lotus no Bahrein a bordo do novo E22 (Foto: Reprodução/Twitter Lotus)

Romain Grosjean é quem comanda o E22 neste primeiro dia de testes no circuito árabe. É também o primeiro contato do franco-suíço com o modelo, já que foi Pastor Maldonado o responsável pelos 100 km na Andaluzia.

O carro da Lotus tem um design incomum. A equipe optou por um 'bico-tomada' com duas saídas, o que provocou também problemas para a escuderia com relação aos testes de impacto da FIA.

Para 2014, a esquadra de Enstone sofreu grandes mudanças. Eric Boullier foi dispensado do cargo de chefia e agora comanda a McLaren. Kimi Raikkonen, que retorna à Ferrari neste ano, deu lugar a Maldonado.

A Lotus optou por um design incomum para o seu E22 (Foto: Reprodução/Twitter Lotus)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube