Com proibição de corridas em Bangkok, governo escolhe plano B e garante GP da Tailândia em 2015

O Ministro dos Esportes da Tailândia, Somsak Pureesrisak, afirmou que a província de Phuket é o plano B do governo para promover uma corrida de F1 no país a partir de 2015

O governo da Tailândia já tem uma alternativa para realizar uma corrida de F1 no país em 2015: a província de Phuket, localizada cerca de 800 km ao sul da capital Bangkok.

Inicialmente, o plano era construir um circuito de rua em Bangkok, contudo, uma lei municipal que passou a vigorar em maio proíbe o automobilismo em traçados urbanos na cidade. Isso colocou um ponto de interrogação sobre o futuro do projeto, mas o Ministro dos Esportes da Tailândia garante que a prova vai acontecer.

Hermann Tilke e a Red Bull estão envolvidas no GP da Tailândia (Foto: Red Bull/Getty Images)

“Phuket será um local ideal e que se encaixa na nossa meta de promover o turismo”, afirmou Somsak Pureesrisak. “Ainda temos tempo para nos preparar para a corrida”, completou o ministro.

As províncias de Nakhon Ratchasima e Khon Kaen também foram estudadas, porém, descartadas pois não possuem capacidade hoteleira suficiente para o Mundial de F1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube