Confira declarações dos pilotos após GP da Espanha 2020 de Fórmula 1

O GP da Espanha de 2020 teve poucas emoções e Lewis Hamilton conquistou a vitória sem sustos. Max Verstappen foi o segundo e Valtteri Bottas completou o pódio

Lewis Hamilton passeou no GP da Espanha e venceu sem sustos. Largando da pole, o britânico contou com a largada ruim de Valtteri Bottas para disparar na liderança e não ser mais alcançado, finalizando a prova com 24 segundos de vantagem para Max Verstappen, da Red Bull, o segundo colocado.

Valtteri Bottas, após cair para quarto na largada, reagiu e terminou em terceiro. O finlandês também fez a volta mais rápida da prova. A dupla da Racing Point fechou o top-5 em Barcelona, com Lance Stroll em quarto e Sergio Pérez em quinto.

Carlos Sainz Jr., Sebastian Vettel, Alexander Albon, Pierre Gasly e Lando Norris completaram os dez primeiros em Barcelona. Charles Leclerc, da Ferrari, foi o único a abandonar a sexta etapa da temporada 2020 da Fórmula 1.

Largada do GP da Espanha teve os dois carros da Racing Point e Mex Verstappen como destaques (Foto: AFP)

Confira as declarações dos pilotos:

Lewis Hamilton, primeiro: “Espantado” com carro, Hamilton diz que poderia fazer ‘superstint’ de pneus médios

Max Verstappen, segundo: 2° na Espanha, Verstappen destaca largada, mas lamenta falta de ritmo contra Hamilton

Valtteri Bottas, terceiro: Atrás de Verstappen, Bottas culpa largada ruim por GP da Espanha “decepcionante”

Lance Stroll, quarto: Stroll destaca ultrapassagem em Bottas “para TV” e festeja 4º na Espanha: “Grande corrida”

Sergio Pérez, quinto: Stroll destaca ultrapassagem em Bottas “para TV” e festeja 4º na Espanha: “Grande corrida”

Carlos Sainz Jr., sexto: Com pit-stop normal após série de erros, Sainz vibra por brigar com a Racing Point

Sebastian Vettel, sétimo: Vettel chega em sétimo e defende estratégia na Espanha: “Não tinha nada a perder”

A chuva ameaçou o GP da Espanha, mas não apareceu durante as 66 voltas (Foto: AFP)

Alexander Albon, oitavo: Albon relata que pneus “não duravam” e define GP da Espanha como “difícil”

Pierre Gasly, nono: “Foi uma boa corrida e consegui mais dois pontos para a equipe neste fim de semana. Tivemos uma boa largada, consegui ultrapassar Charles [Leclerc] e Lando [Norris], ficando em oitavo. Ficamos presos na segunda parte, atrás dos outros carros no ‘trem do DRS’, então não fizemos bom uso dos pneus. Acredito que consigo tirar coisas positivas de Barcelona, que é uma pista desafiadora em termos de performance do carro. E foi legal brigar com a McLaren durante a corrida.”

Lando Norris, décimo: Com pit-stop normal após série de erros, Sainz vibra por brigar com a Racing Point

Daniel Ricciardo, 11º: “Hoje foi difícil e certamente não era o lugar que gostaria de estar. Em todas as corridas até aqui, tivemos pelo menos um carro nos pontos, aqui foi a primeira sem pontos. Foi uma corrida complicada, ainda mais com apenas uma parada nos boxes. Obviamente é um pouco decepcionante, pois chegamos aqui esperando muito mais, principalmente após duas corridas bem decentes. Ficamos próximos do top-10 na classificação e na corrida, então vamos ver e encontrar onde perdemos esses décimos.”

Pierre Gasly andou bem e terminou o GP da Espanha em nono (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Daniil Kvyat, 12º: “Não consigo dizer que foi uma prova satisfatória, pois foi frustrante. Não foi confortável, como geralmente é no domingo. Precisamos analisar os detalhes e entender o que houve, talvez o consumo de pneus não era ideal. Estava feliz com minha largada, tive boas batalhas com os carros da Ferrari e com Ricciardo, então achei que conseguiria mais hoje. Acho que temos lições positivas deste fim de semana e conseguiremos melhorar nas próximas corridas.”

Esteban Ocon, 13º: “Não há muito a dizer sobre o que fizemos hoje. Como equipe, sofremos na busca por ritmo durante o fim de semana. O carro não se comportou como queríamos, sem aderência e balanço. Desde o início do fim de semana, o carro não se comportou como em Silverstone. Temos uma semana para analisar e voltarmos mais fortes. Tive umas interessantes disputas e fiz algumas ultrapassagens.”

Kimi Räikkönen, 14º: “O carro realmente teve um bom ritmo na parte final, com os pneus macios, e queria ter outro jogo de compostos para usar. O resultado é um pouco decepcionante, sinto que a gente poderia ter feito mais. Acho que fomos melhores neste fim de semana, mas precisamos testar novidades para melhorar a performance e encontrar mais velocidade.”

Kevin Magnussen, 15º: “Acredito que fizemos tudo que era possível. Acho que o nosso ritmo sumiu, o que é, claro, crucial. Em termos de pilotagem e estratégia, ficamos tudo que era possível antes da corrida. Usamos a estratégia de um pit-stop, tive boa largada, ultrapassei quem eu precisava, encontrei o balanço do carro. Sinto que foi uma corrida boa, não é tudo o resultado final. Fiz o melhor possível.”

Esteban Ocon não conseguiu repetir o bom desempenho de Silverstone e ficou fora da zona de pontuação na Espanha (Foto: Renault)

Antonio Giovinazzi, 16º: “Temos algumas coisas positivas hoje. Foi uma corrida muito dificil largando no fim do grid. Acredito que demos o máximo neste domingo. Terminamos na frente de nossos rivais diretos no campeonato e mostramos bom ritmo, especialmente na parte final com pneus macios. Ainda precisamos fazer muito trabalho, mas ganhamos moral hoje.”

George Russell, 17º: “A corrida foi melhor do que esperado. Fiz uma boa largada, ultrapassei alguns pilotos e gastei parte da tarde batalhando. Consegui ultrapassar o Romain [Grosjean] na pista, o que foi legal, depois batalhei com o Kimi [Räikkönen]. Usamos uma estratégia alternativa em relação aos rivais, mas não funcionou. Estou satisfeito.”

Nicholas Latifi, 18º: “Foi bem complicado. Tive boa largada, mas sofri na volta inicial. Nas primeiras cinco ou seis voltas eu não tinha confiança e isso acabou com minha corrida. Tentamos uma estratégia alternativa, mas não funcionou.”

Romain Grosjean, 19º: “Da primeira volta até a última, o carro não estava bom. Eu não consigo entender o que aconteceu desde sexta-feira. Tudo estava competitivo na sexta-feira, sob controle. Não consigo explicar porque estava tudo bem lá e não no resto do fim de semana. Hoje não foi divertido, foi um dia bem difícil.”

Charles Leclerc, abandonou: Leclerc desabafa contra Ferrari após abandono na Espanha: “Não somos fortes”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube