Confira declarações dos pilotos após sexta-feira do GP da Espanha da F1 2024

Em dia tranquilo no circuito de Barcelona, Lewis Hamilton encerrou as atividades como o mais rápido. Lando Norris se destacou pela manhã e comandou o TL1 na Espanha

Foi uma sexta-feira (21) agitada em Barcelona para a décima etapa da temporada 2024. As lideranças ficaram por conta de Lando Norris na primeira atividade do dia, enquanto Lewis Hamilton completou o segundo treino livre na ponta.

Em um circuito onde a maioria poderia ser capaz de andar com os olhos vendados, a sexta-feira foi das mais tranquilas vistas até aqui na temporada 2024. O TL1 até teve uma bandeira vermelha, mas por conta de um pedaço de carro que escapou da dianteira de Fernando Alonso e ficou jogado no meio da pista.

Relacionadas


O TL2, em contrapartida, foi limpo do início ao fim, e a pista familiar permitiu um trabalho mais efetivo de equipes e pilotos. Dessa vez, médios e macios entraram em ação, e os compostos de faixa vermelha também foram os preferidos dos ponteiros para as simulações de corrida nos 15 minutos finais.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP da Espanha de Fórmula 1 e transmite classificação e corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, na GPTV, o canal do GP no Youtube. Além disso, debate tudo que aconteceu na pista com o Briefing após treinos livres e classificação, além de antes e depois da corrida. No sábado (22), o TL3 será às 7h30 (de Brasília, GMT-3), ao passo que a classificação está marcada para as 11h. Por fim, a largada está marcada para as 10h do domingo.

Lando Norris liderou o TL1 da Espanha (Foto: Reprodução/F1)

Confira declarações dos pilotos na sexta-feira do GP da Espanha:

Lewis Hamilton, primeiro: Hamilton vê W15 “ótimo”, mas teme “pista muito quente” para pneus no GP da Espanha

Carlos Sainz, segundo: Sainz fala em sexta-feira “complicada” e vê “trabalho a fazer” com Ferrari em Barcelona

Lando Norris, terceiro: Norris destaca “conforto” com McLaren, mas alerta para superaquecimento na Espanha

Pierre Gasly, quarto: Gasly diz que “não esperava ritmo tão bom” da Alpine no TL2 na Espanha: “Fiquei feliz”

Max Verstappen, quinto: Verstappen destaca dia sem problemas em Barcelona: “Pudemos testar alguns acertos”

Max Verstappen terminou treino “sem problemas” em Barcelona (Foto: Red Bull Content Pool)

Charles Leclerc, sexto: Leclerc lista problemas na Espanha, mas garante: “Sei onde encontrar tempo de volta”

Oscar Piastri, sétimo: Piastri reconhece que McLaren tem “algumas áreas para arrumar” após TL2 na Espanha

George Russell, oitavo: Russell celebra sexta-feira positiva em Barcelona: “Perseguíamos isso há tempos”

Esteban Ocon, nono: “Terminar o dia com dois carros no top-10 é um pouco inesperado do ponto de vista de onde entraríamos nesta pista em particular. No geral é um começo de fim de semana positivo, mas definitivamente, há melhorias que podemos fazer para encontrar o tempo de volta, assim, vamos seguir trabalhando para avançar na classificação de sábado, que é muito importante”.

Valtteri Bottas, décimo: “Tivemos duas boas e produtivas atividades, nas quais testamos diferentes configurações. Em termos de desempenho, parece que estamos em uma posição melhor em comparação às corridas anteriores, o que é positivo e dá confiança para o fim de semana. As novas peças que temos funcionaram perfeitamente, após alguns contratempos que logo foram solucionados. Agora, é extrair tudo o que for possível antes da classificação deste sábado”.

Valtteri Bottas completou o top-10 na sexta-feira em Barcelona (Foto: Sauber)

Kevin Magnussen, 11º: “Hoje, correu tudo bem, mas o mais importante é que, nos trechos de alta velocidade, não esperávamos o rendimento que apresentamos, então, isso me deixou animado para, quem sabe, conseguiremos manter este alto nível de competitividade no restante do fim de semana”.

Nico Hülkenberg, 12º: “Foi uma sessão tranquila e sem problemas, apenas o TL2 para mim hoje. Eu me senti relativamente bem imediatamente com o carro, penso que temos algum trabalho a fazer, pois precisamos de alguma forma encontrar o equilíbrio ideal. Meu pensamento inicial é que nosso ritmo de volta é definitivamente forte para nós, mas em Barcelona a corrida é longa e se você não tiver um bom carro de corrida, terá dificuldades”.

Sergio Pérez, 13º: Pérez diz que Red Bull errou “em algum ponto” com mudanças para TL2 na Espanha

Sergio Pérez sofreu com o desempenho durante o TL2 (Foto: Red Bull Content Pool)

Fernando Alonso, 14º: Alonso cita “falta de equilíbrio” e diz que Aston Martin tem “trabalho a fazer” na Espanha

Yuki Tsunoda, 15º: “Hoje, não encontramos o ritmo, estava mais complicado do que o normal. Precisamos ver onde estamos falhando para sermos melhores na classificação. As atualizações funcionam como esperávamos, mas ainda falta uma sintonia fina para chegarmos mais à frente, por isso, a noite será de revisão e análise dos dados para descobrir o que houve”.

Daniel Ricciardo, 16º: “Fomos pouco competitivos hoje. Nossa principal atualização foi para o piso do carro, é uma grande parte do desenvolvimento. Há algum otimismo e, quando mergulharmos nisso à noite, vamos sacar o que funciona e outras maneiras de acertar nosso carro em torno disso para melhorarmos na classificação”.

Guanyu Zhou, 17º: “Foi uma sexta-feira bastante promissora com a atualização que fizemos em nossa asa traseira. Embora não tenha experimentado no meu carro, o desempenho de Bottas foi bem forte, o que é animador para a classificação. Acho que meu tempo poderia ficar próximo do top-10, minha volta foi boa no geral e estou feliz. A equipe fez um grande trabalho e hoje foi sobre coletar muitos dados para fazermos um bom acerto na classificação e garantir uma boa posição no grid”.

Fernando Alonso terminou a sexta-feira na Espanha apenas em 14º (Foto: Aston Martin)

Lance Stroll, 18º: “Foi um dia desafiador na pista para nós. Não temos o ritmo que precisamos, assim, teremos trabalho para amanhã. A pista sempre tem uma degradação elevada, sobretudo com o calor, por isso, para o domingo, será tudo sobre gestão dos pneus. É possível que haja chuva e, assim, pode confundir as coisas”.

Alexander Albon, 19º: “Nosso TL1 foi bem legal, embora o histórico não seja dos melhores em Barcelona, conseguimos dar alguns passos à frente em comparação ao ano passado. Na sequência, as alterações que fizemos não surtiram o efeito esperado, os problemas continuaram. É difícil estar nos últimos lugares, então, vamos ter trabalho duranta a noite e ver o que podemos fazer para solucioná-los”.

Logan Sargeant, 20º: “Que dia complicado! Esta pista sempre foi difícil para nós e segue se provando da mesma maneira neste fim de semana. Tínhamos um plano de funcionamento que ficou comprometido com pouco combustível. Temos muito trabalho a fazer para achar tempo amanhã, fazer com que o pneu funcione melhor. Vamos analisar tudo esta noite”.

Oliver Bearman (Haas): “Foi bom voltar ao carro da equipe aqui em Barcelona, me diverti muito, legal recuperar a velocidade em um Fórmula 1 e testar minhas capacidades em uma pista como esta, com muitas curvas de alta velocidade. Já estou ansioso pelo próximo teste em Silverstone”.

Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.