Confira declarações dos pilotos depois do oitavo dia de testes de pré-temporada da F1 em Barcelona

Kimi Räikkönen foi o mais rápido novamente e também bateu e rodou nesta sexta-feira (10), último dia de testes coletivos da F1 em Barcelona. O piloto fechou uma pré-temporada impressionante da Ferrari e teve Max Verstappen, a mais de 0s8, como o rival mais próximo

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Último dia de testes coletivos de pré-temporada em Barcelona, esta sexta-feira (10) foi de show de Kimi Räikkönen. O campeão mundial de 2007 fez o tempo mais rápido com sobras, mas também rodou e bateu. No final das contas, o piloto mais velho do grid atual da F1 terminou como maior nome das duas semanas de testes.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Max Verstappen, que marcou o melhor tempo do dia com os mesmos pneus supermacios que Räikkönen, ficou com o segundo posto. Já mais de 1s2 atrás de Kimi – e de ultramacios – ficou Carlos Sainz Jr, num desfecho para render maior otimismo à Toro Rorro após testes com vários problemas de confiabilidade. 

 
Valtter Bottas também colocou os pneus supermacios e fez o quarto tempo. Lewis Hamilton foi o quinto, seguido por Nico Hülkenberg. Sergio Pérez, o sétimo colocado, fez um tempo acima de 1min20s, assim como Jolyon Palmer e Lance Stroll – que não foi liberado pela Williams a despejar toda a potência. 
 
Romain Grosjean, Fernando Alonso, Marcus Ericsson e Pascal Wehrlein encerraram a tabela. Stroll foi o recordista de voltas no dia, deu 132. Sainz, Pérez e Räikkönen – com 131, 128 e 110 – também cruzaram a marca de uma centena.

Confira as declarações:

RED BULL
 
Max Verstappen, segundo: "Não estou muito preocupado com os pequenos problemas que tivemos – é para isso que servem os testes. Não são grandes problemas, e tenho certeza que serão resolvidos antes de Melbourne. Em termos de tempos de voltas, acho que temos que esperar para ver o que são de fato na primeira semana de corrida. Para nós, o mais importante hoje era checar o equilíbrio e fazer o carro ganhar mais o que queremos. O desempenho não foi ruim. Com certeza queremos melhorar, mas por enquanto está OK. Teste é tentar melhorar o carro, não ser o mais rápido."
TORO ROSSO
 
Carlos Sainz, terceiro: "Que ótima sensação é terminar os testes de pré-temporada com um dia tão bom! Estou muito feliz com a volta que dei e com o número de voltas dadas – conseguir cumprir uma simulação de corrida era o que precisávamos antes de Melbourne. Agora podemos ficar mais otimistas sobre a temporada que vai começar. Tivemos duas semanas complicadas, com problemas lá e cá, mas hoje finalmente conseguimos ter um bom dia e definitivamente estamos prontos para uma corrida."
 
FORCE INDIA
 
Sergio Pérez, sétimo: "Acho que estamos bem preparados para Melbourne. Temos sido confiáveis essa semana e batido muitas de nossas metas – especialmente em termos de quilometragem. Aprendemos muita coisa e entendemos que podemos melhorar. Hoje foi meu dia mais movimentado por ter feito tudo, simulações de corrida, ajustes para entender o que mais podemos fazer com desempenho, stints curtos. Demos 128 voltas para terminar a pré-temporada de forma positiva."
Jolyon Palmer (Foto: Divulgação/Renault)
RENAULT
 
Jolyon Palmer, oitavo: "O R.S.17 é incrível de guiar e há muito potencial ainda por vir. O carro dá uma boa sensação em todas as áreas e é definitivamente uma melhora grande para o R.S.16 em todas as áreas. Meu final de tarde foi promissor em termos de ritmo e demos outro passo à frente conseguindo ficar no carro a tarde toda. A Austrália será especial com esses carros, e eu estou muito otimista para a temporada."
 
WILLIAMS
 
Lance Stroll, nono: "Foi um bom dia para terminar a semana. Foi divertido fazer tudo o que eu fiz e colocar os pneus supermacios e sentir a aderência. Foi incrível. Eu estava numa mega volta com eles, mas errei na curva 13, o que custou tudo e eu perdi a volta. Andei bem hoje à tarde com long runs, então tudo foi positivo. Foi claramente uma semana frustrante a última com algumas coisas que aconteceram. Fizemos tudo o que queríamos nesta semana, foi boa. Creio que precisamos ficar calmos para a Austrália e só fazer nosso trabalho. É uma pista nova para mim, nunca estive lá, mas vou dar passo a passo."
 
HAAS
 
Romain Grosjean, décimo: "Bem, você nunca se sente totalmente preparado depois de testar e antes da Austrália. Só temos oito dias, dos quais cada piloto fica com quatro – e um deles, para mim, foi o dia pista molhada. Sim, os grandes times estão prontos, mas para nós ainda há algumas coisas desconhecidas até Melbourne. É o charme da F1. Com isso dito, acho que temos ideias de como melhorar o carro e, espero, as atualizações que levaremos para a Austrália vai funcionar. Acho que tanto eu como Kevin [Magnussen] identificamos onde podemos melhorar."
 
MCLAREN
 
Fernando Alonso, 11º: "Hoje foi um fim decepcionante para os testes. Não pudemos fazer muita coisa. A manhã começou positiva e trabalhávamos bem até o carro perder potência na curva e desligar. Conseguimos voltar sem problemas e tudo ia tranquilo por algumas voltas até acontecer novamente. Entendemos que precisávamos investigar profundamente durante a hora do almoço e mudar mais. Estou feliz que pudemos andar de novo à tarde – queríamos usar a pista para andar o máximo. Todas as voltas que dávamos eram importantes. É óbvio que temos muita preparação pela frente. Sei que o time trabalha duro e sei que teremos mais respostas uma vez que o carro volte à fábrica. Estou confiante de que daremos o próximo passo e estaremos prontos na Austrália. 
SAUBER
 
Marcus Ericsson, 12º: "Foi uma manhã interessante, onde nos divertimos com stints rápidos com pneus supermacios e ultramacios. No geral, foi uma sessão produtiva para encerrar a pré-temproada sem problemas com o carro. Com certeza nós melhoramos várias coisas hoje, mas ainda não estamos onde gostaríamos. Ainda temos que trabalhar mais e analisar todas as informações para melhorar o carro."
 
Pascal Wehrlein, 13º: "Foi uma tarde importante para mim no novo C36 e completando 42 voltas. Mudamos o cronograma e continuamos a grande análise do carro continuando os testes aerodinâmicos com pneus macios e médios. Deu para eu dar um passo à frente e me familiarizar com o novo carro. Estou ansioso para a Sauber."
PADDOCK GP #68 ANALISA SEGUNDA SEMANA DE TESTES DA F1 EM BARCELONA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube