Consultor da Red Bull confirma reunião durante fim de semana em Austin e garante: “Vamos encontrar uma solução”

Se depender de Helmut Marko e de toda a cúpula da Red Bull, a ‘novela’ envolvendo a permanência ou não da equipe tetracampeã do mundo na F1 será selada com um encontro crucial no Circuito das Américas: “Vamos acabar com este problema de uma vez por todas”

O desfecho da novela sobre a permanência ou não da Red Bull na F1 deve ocorrer em breve. Ao menos, é o que garante Helmut Marko, consultor da equipe tetracampeã do mundo e uma das vozes mais ativas do time que ameaçou deixar a categoria ao fim da temporada se não tiver um motor competitivo para 2016. Segundo o austríaco, uma reunião decisiva está marcada para o fim de semana em Austin e pode selar o destino dos taurinos no esporte.
 
A expectativa de Marko é que tudo seja resolvido de uma vez por todas depois do encontro que terá lugar no Circuito das Américas, palco do GP dos Estados Unidos, no domingo. “Haverá uma reunião em Austin. Estou confiante de que vamos encontrar uma solução”, garantiu o dirigente, confiante em um desfecho para o caso, ao diário austríaco “Osterreich”.
Helmut Marko e Christian Horner estarão em reunião neste fim de semana para definir o futuro da Red Bull na F1 (Foto: Getty Images)
Desmotivado com a F1, Dietrich Mateschitz, dono da Red Bull, já declarou em várias oportunidades que deseja retirar suas equipes, Red Bull e Toro Rosso, do grid do Mundial. Christian Horner reforçou que o executivo austríaco está insatisfeito, mas disse que segue trabalhando para encontrar a melhor solução e seguir na F1.
 
Com a negativa da Mercedes em entregar seus motores à Red Bull, uma vez que terá como clientes Williams, Force India e Manor para 2016, e também sem contar com o aval da Ferrari, os taurinos voltaram a negociar com a Renault, montadora que empurrou os carros dos energéticos durante os anos de ouro entre 2010 e 2013, quando o time de Milton Keynes garantiu oito títulos da F1. 
 
Tudo como parte de um último esforço para não sair do grid, o que “seria uma pena” se acontecesse, diz Daniel Ricciardo.
 
A Renault, por sua vez, vai implementar a sua última atualização e a deixará disponível para a Red Bull. Os engenheiros em Viry-Châtillon usaram 11 dos 12 tokens restantes para a evolução, de forma considerável, do propulsor em termos de potência e confiabilidade. Tudo com vistas à fase final do campeonato deste ano e, principalmente, para a temporada 2016. A data da homologação do motor para o Mundial do ano que vem está marcada para 28 de fevereiro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube