Crise econômica se agrava, e Sauber já deve dois meses de salários a funcionários, afirma site

Segundo informa o site ‘LaF1.es’, a crise econômica na Sauber se agravou nas últimas semanas, a ponto de Monisha Kaltenborn, chefe da equipe, sequer visitar a fábrica em Hinwil nos últimos dois meses. O time suíço não honra os salários dos seus funcionários neste mesmo período

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A crise financeira da Sauber se agravou nos últimos meses. Segundo o site espanhol ‘LaF1.es’, fontes ligadas à escuderia suíça informaram que os salários dos cerca de 300 funcionários estão atrasados há dois meses. Neste mesmo período, Monisha Kaltenborn, chefe da equipe, não dá as caras em Hinwil, indicando um futuro incerto.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
A Sauber vem sofrendo com problemas econômicos desde o começo do ano, e isso vem se refletindo das mais variadas formas: seja em atraso constante nos salários dos funcionários, na falta de atualizações e atraso no desenvolvimento do carro do time, o C35, e a consequente falta de performance do time na temporada. 

A Sauber não indica ter perspectiva de melhora em razão da sua crise financeira cada vez mais grave (Foto: Getty Images)
Felipe Nasr e Marcus Ericsson ainda não pontuaram em 2016, enquanto a equipe é uma das únicas que estão no zero no Mundial de Construtores, ao lado da britânica Manor.
 
O discurso da equipe nas últimas semanas foi de otimismo, inclusive com a promessa de entregar as primeiras atualizações do carro a partir do GP da Inglaterra, a décima etapa do campeonato, entre 8 e 10 de julho. Mas a crise, segundo o ‘LaF1.es’, se agravou com o fim do dinheiro após uma pequena ajuda financeira de um dos investidores da Sauber.
 
Na esteira de tantos problemas, a Sauber vem recrutando novos profissionais. Com o claro objetivo de reduzir os custos, os funcionários contratados chegam com salários bem menores em relação aos antigos. Mas os profissionais que estão sendo contratados agora chegam a Hinwil com um desconhecimento real dos problemas financeiros da equipe.
PADDOCK GP #35 DEBATE MOTOGP, STOCK CAR E FAZ PRÉVIA DA F1 E FINAL DA F-E

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube