Ricciardo bate em cheio e provoca terceira bandeira vermelha da classificação em Baku

Daniel Ricciardo acertou o muro da curva três de frente e com vontade para interromper a classificação do GP do Azerbaijão uma terceira vez

Ricciardo foi mais um a bater na classificação em Baku (Vídeo: F1 TV)

Daniel Ricciardo foi o responsável pela terceira bandeira vermelha do treino de classificação da Fórmula 1 para o GP do Azerbaijão, neste sábado (5), no circuito de rua de Baku. O piloto da McLaren travou a parte da frente do carro na entrada da curva três e acabou no muro posterior no fim do Q2.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O acidente fez com que a direção de prova levantasse imediatamente a bandeira vermelha e, como faltava pouco mais de 1min para o encerramento do Q2, a parte intermediária foi dada como finalizada.

Ricciardo vinha na 13ª colocação e tentava tirar mais tempo para entrar no top-10 e descolar uma vaga na disputa pela pole, onde estava o companheiro Lando Norris. Na hora de contornar a curva três, em alta velocidade, travou os pneus da frente e foi direto e em cheio na barreira de proteção.

O acidente de Ricciardo é o terceiro a causar bandeira vermelha na classificação da capital azeri. Ainda no Q1, Lance Stroll e Antonio Giovinazzi, ambos em momentos diferentes na curva 15, bateram antes mesmo de cravar qualquer volta rápida e partem do fim do pelotão.

Já o piloto australiano sai mesmo na 13ª colocação, a não ser que a McLaren perceba outros danos e precise fazer mudanças que acarretem punição. Trocar a caixa de câmbio, por exemplo, muitas vezes afetadas por acidentes assim, custaria cinco posições no grid de largada.

O GRANDE PRÊMIO acompanha o treino de classificação e todas as atividades do fim de semana AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar