Ricciardo fala em “nova perspectiva” e define saída da McLaren como “bênção disfarçada”

Após ver seu contrato com a McLaren chegar ao fim prematuramente em 2022, Daniel Ricciardo reconhece que situação difícil lhe fez enxergar sua carreira com outros olhos

Daniel Ricciardo é uma das figuras mais carismáticas do grid da Fórmula 1. Após a sua aventura na Renault, o australiano chegou à McLaren em 2021 para tentar recuperar a boa forma vista durante os anos na Red Bull, no início de sua carreira. No time de Woking, o piloto de Perth fez dupla com Lando Norris, sendo constantemente superado pelo britânico. Após uma sequência ruim de resultados, a escuderia laranja decidiu romper o seu contrato, lhe deixando sem vaga para a disputa do Mundial em 2023. E Ricciardo reconheceu, porém, que o período sabático forçado ajudou a repensar a carreira.

Quase um ano depois de ser mandado embora da McLaren, Daniel inesperadamente recebeu a oportunidade de voltar a competir na principal categoria do automobilismo. A AlphaTauri não estava satisfeita com o desempenho de Nyck De Vries e, por isso, decidiu dar ao australiano a chance de completar a temporada no AT04, ao lado de Yuki Tsunoda.

“Quando você passa por algumas situações, é claro que elas podem te mudar um pouco e lhe dar uma nova perspectiva. Elas fazem você aproveitar mais os bons momentos e lhe ensinam a lidar melhor com os períodos de baixa. Quando você está para baixo, você percebe o que é importante e o que não é”, disse o piloto de 34 anos à Autosport, comentando sobre as lições aprendidas nos últimos meses.

“Então, no meio de toda a dificuldade, acho que você aprende muito mais sobre você mesmo. Após sair dessa situação, eu percebi que ainda amo o que eu faço, que ainda acredito em mim.”

+STOP & GO | Daniel Ricciardo: ‘Com a Red Bull, você tem de estar pronto’

Daniel Ricciardo vê mudança de mentalidade após saída da McLaren (Foto: Red Bull Content Pool)

Com o período difícil que passou nos últimos anos, o piloto revelou ainda que colocou muita pressão sobre si, perdendo até mesmo o prazer de competir. Na tentativa de encontrar novamente o amor pela sua profissão, Ricciardo buscou encarar a sua carreira com outros olhos. “Não quero carregar o peso do mundo em meus ombros. O que eu faço deve ser divertido e não o contrário. Quero ser a melhor versão de mim, mas eu não quero que isso consuma cada parte do que eu sou e acabe não aproveitando outros aspectos da minha vida”, explicou.

E falando sobre a McLaren, o ex-companheiro de Norris afirmou que chegou a perder seu encanto pelo esporte a motor, mas que a sua saída prematura de Woking acabou se tornando uma “bênção disfarçada”. “Por mais que a minha situação na McLaren tenha sido muito desconfortável, foi uma bênção disfarçada. Vamos dizer que eles romperam o meu contrato porque eu precisava dar um passo para trás e me encontrar novamente, e também reencontrar o meu amor pelo esporte e a minha fome pelas vitórias.”

“Havia elementos que estavam machucados por causa de toda aquela situação, como a minha pilotagem e a minha motivação, por exemplo. Eu precisava encontrá-las novamente, e esse momento longe do esporte me ajudou a fazer isso”, emendou o australiano.

Logo após o seu retorno às pistas pela equipe de Faenza, o dono do carro #3 passou por mais um período de dificuldades, ao sofrer uma lesão em sua mão esquerda durante o fim de semana do GP da Holanda, em Zandvoort. “Eu estava me sentindo faminto e motivado novamente, assim como nos velhos tempos. Eu estava amando cada momento. Mas quando o acidente aconteceu, eu fiquei muito frustrado”, contou. “Eu só pensava em me recuperar o mais rápido possível. Eu me recusava a aceitar que todo o trabalho duro que eu havia feito para conseguir voltar a correr fosse por água abaixo por causa de uma lesão.”

Ricciardo segue como piloto da equipe B da Red Bull e agora em uma posição de liderança, tendo ao lado o Tsunoda na temporada 2024.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.