Ricciardo relembra difícil 2021 e espera melhorias com MCL36 e novo regulamento

Daniel Ricciardo admitiu os muitos problemas que teve no ano passado, mas vê o novo regulamento como uma chance para mostrar mais suas habilidades na McLaren

FERRARI APRESENTA F1-75, CARRO PARA A TEMPORADA 2022 DA F1 | React

Daniel Ricciardo não teve vida fácil em sua primeira temporada pela McLaren — ainda que a vitória no GP da Itália de 2021 possa tentar dizer o contrário. O australiano teve muitas dificuldades de adaptação e, em boa parte do campeonato, foi ofuscado por seu companheiro de equipe, Lando Norris. Agora, em 2022, pensando no novo regulamento e no MCL36, Daniel espera ter caminhos melhores.

“Espero que aumente [as ultrapassagens]. Nos últimos anos, com certeza ainda fiz algumas manobras, mas não tenho sido consistentemente o cara que faz as melhores”, disse Ricciardo. “De certa forma, pode ser devido à forma como os carros eram. Eles são rápidos, mas se você freia tarde é difícil chegar perto de outro carro, então fazer alguns movimentos foi complicado”, acrescentou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2.

Daniel Ricciardo se prepara para sua segunda temporada na McLaren (Foto: McLaren)

Leia também

Presidente da FIA se surpreende com “harmonia” de Mercedes e Red Bull em reunião
Button vê Hamilton “reenergizado” em 2022 e aposta: “Veremos a melhor versão dele”

“Então, agora, se isso [o regulamento de 2022] nos permite estar mais perto, ter um pouco mais de zona de frenagem, espero que tenhamos de frear um pouco mais cedo nesses carros e comprar um pouco mais de distância para trabalhar. Acho que isso promoverá não apenas mais ultrapassagens, mas mais chances de o grande ‘DRI double-C’ [diz ele em referência ao seu nome] voltar”, completou.

Ricciardo explica que teve uma contribuição na construção do novo carro, usando, principalmente, sua experiência após as passagens na Red Bull e Renault. E isso também aconteceu em 2021, embora as grande dificuldades encontradas pelo dono do carro #3.

“Eu não sou o cara de entrar na sala, jogar as coisas e dizer: ‘isso tem de mudar’. Eu vou fazer isso de forma produtiva. Desde muito cedo [em 2021], desde quando entrei no carro, eu estava transmitindo informações sobre ‘isso é o que é diferente em comparação com a Renault, a Red Bull’, então eu já estava dando informações”, concluiu.

BBB DA VELOCIDADE: ESPETACULARIZAÇÃO DA FÓRMULA 1 PASSOU DO LIMITE?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar