DataGP: Button corre pela quarta vitória e Hülkenberg tenta mais uma vez completar 1ª volta na Austrália

Opostos: enquanto Jenson Button já venceu três vezes no GP da Austrália, Nico Hülkenberg sequer conseguiu completar a primeira volta em suas quatro participações na prova. Felipe Massa tem retrospecto ruim e só foi ao pódio uma vez no Albert Park

icone_warmup REVISTA WARM UP 48 | GUIA DA F1 2014:
Tudo o que você precisa saber sobre o novo campeonato

Dos pilotos em atividade na F1, Jenson Button é o maior vencedor do GP da Austrália. O inglês já subiu ao alto do pódio do Albert Park em três oportunidades, nos anos de 2009, 2010 e 2012. O que ele tem de sorte na pista australiana, Nico Hülkenberg tem de azar: em três participações no GP, nunca conseguiu passar da primeira volta.

Button comemora primeira vitória no GP da Austrália (Foto: Getty Images)


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Assim como na carreira, o desempenho de Button na Austrália mudou radicalmente em 2009. Na primeira corrida daquele campeonato, o inglês, junto de Rubens Barrichello, fez o mundo se divertir com uma das histórias mais curiosas da história da F1: recém-fundada sobre o espólio da Honda, a Brawn GP fez uma dobradinha.

No ano seguinte, com o status de campeão do mundo, Button se mudou para a McLaren e repetiu a dose. Em uma corrida que começou com chuva, o britânico soube escolher o momento exato para colocar os pneus slicks e driblou todo o pelotão para vencer pela primeira vez com o time prateado.

O terceiro triunfo em Melbourne foi conquistado em 2012, quando largou em segundo e superou o pole-position Lewis Hamilton já na primeira curva. Dali em diante, dominou a disputa para abrir mais um ano com vitória. Entretanto, ao contrário do que ocorreu nos outros dois anos, o piloto não conseguiu disputar o título. Uma sequência horrível de provas na metade do campeonato o tirou da briga.

Entre os 22 que vão alinhar no grid no próximo domingo (16), outros vencedores do GP da Austrália são Kimi Räikkönen, que conquistou dois troféus de primeiro lugar, e Fernando Alonso, Lewis Hamilton e Sebastian Vettel, um cada. Michael Schumacher, o maior vencedor da prova, tem quatro.

“É uma cidade bonita, um lugar que sempre gosto de visitar”, disse Button sobre o palco do GP da Austrália desde 1996. Será sua 15ª aparição na corrida.

A história de Hülkenberg é antagônica. O alemão, de volta à Force India, acabou envolvido em incidentes na primeira volta nas duas vezes em que largou no GP da Austrália, em 2010 e 2012. No ano passado, com a Sauber, Hülk se classificou na 11ª posição, mas um problema na bomba de combustível de seu carro o tirou da disputa antes mesmo de ele entrar no carro.

“Foram três corridas em Melbourne e ainda não completei nenhuma volta. Dizem que a má sorte vem em grupos de três, então tomara que a quarta tentativa dê mais certo”, afirmou.

A cobertura completa do GP da Austrália no GRANDE PRÊMIO
As imagens da quinta-feira da F1 na Austrália
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana



Hülkenberg é o piloto mais zicado do mundo no GP da Austrália (Foto: Getty Images)


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

ALBERT PARK. O circuito de 5303 metros e 16 curvas montado nas dependências do Albert Park, em Melbourne, recebe a F1 desde 1996. O piloto que mais venceu nele foi Michael Schumacher, quatro vezes.

BACK-TO-BACK. O GP da Austrália é o único que teve duas edições realizadas consecutivamente na história da F1: fechou o Mundial de 1995, em Adelaide, e abriu o de 1996, em Melbourne. Ambos foram vencidos por Damon Hill.

CONTANDO NOS DEDOS. Em 2008, apenas oito pilotos terminaram o GP da Austrália. Como Rubens Barrichello foi desclassificado, Kimi Räikkönen, que parou a cinco voltas do fim com o motor quebrado, herdou o último pontinho.

DANIEL RICCIARDO. O jovem australiano vai estrear em casa como piloto da Red Bull. Essa será a quarta temporada dele na F1. A estreia aconteceu no meio de 2011 com a HRT, e, nos últimos dois anos, defendeu a Toro Rosso.

FATOR CASA QUE NÃO CONTA. Com o carro não muito bom da Red Bull, deve ser difícil Ricciardo quebrar uma escrita negativa dos pilotos australianos no GP da Austrália: o melhor resultado foi o quarto lugar de Mark Webber em 2012.

GRID. O piloto que largou na pole-position venceu seis das últimas dez edições do GP da Austrália: Michael Schumacher (2004), Giancarlo Fisichella (2005), Kimi Räikkönen (2007), Lewis Hamilton (2008), Jenson Button (2009) e Sebastian Vettel (2011). Quem venceu ganhando mais posições foi David Coulthard, em 2003: largou em 11º.
 

2004 MICHAEL SCHUMACHER POLE
2005 GIANCARLO FISICHELLA POLE
2006 FERNANDO ALONSO
2007 KIMI RÄIKKÖNEN POLE
2008 LEWIS HAMILTON POLE
2009 JENSON BUTTON POLE
2010 JENSON BUTTON
2011 SEBASTIAN VETTEL POLE
2012 JENSON BUTTON
2013 KIMI RÄIKKONEN

FELIPE MASSA. Só foi ao pódio uma vez no GP da Austrália, em 2010, na terceira posição. Ele abandonou em seis de 11 oportunidades pontuou em quatro. 2002, 2004, 2006, 2008, 2009 e 2012, foi décimo em 2005, sexto em 2007, sétimo em 2011 e quarto em 2013. No grid, não sabe o que é alinhar à frente da quarta colocação (2008 e 2013).
 

2002 NC 2004 NC 2005 10º 2006 NC
2007 2008 NC 2009 NC 2010
2011 2012 NC 2013

 
FERNANDO ALONSO. Venceu uma vez na Austrália, em 2006, mas pontuou em todas as corridas lá realizadas desde 2003. Exceção feita ao GP de 2001, quando foi 12º com a Minardi, tem um sétimo lugar em 2003 como pior resultado. Subiu ao pódio cinco vezes.
 

2001 12º 2003 2004 2005
2006 2007 2008 2009
2010 2011 2012 2013

 
SORTE DE CAMPEÃO. Em seis das últimas dez edições do GP da Austrália, o vencedor foi coroado campeão no fim do ano: Michael Schumacher (2004), Fernando Alonso (2006), Kimi Räikkönen (2007), Lewis Hamilton (2008), Jenson Button (2009) e Sebastian Vettel (2011). A história se repetirá em 2014?

TEM PONTO PARA TODO MUNDO. Nos últimos cinco anos, pelo menos seis equipes pontuaram no GP da Austrália: seis em 2009, 2011, 2012 e 2013 e sete em 2010.

TERRA DA MCLAREN. Nenhum time ganhou mais vezes o GP da Austrália do que a McLaren. Foram 11 vitórias. Ferrari e Williams completam esse pódio. A McLaren também marcou dez poles na terra dos cangurus.
 

MCLAREN 1986, 1988, 1991, 1992, 1993, 1997, 1998, 2003, 2008, 2010, 2012
FERRARI 1987, 1999, 2000, 2001, 2002, 2004, 2007
WILLIAMS 1985, 1989, 1994, 1995, 1996

 

Na história: em 2002, Mark Webber estreou na F1 no GP da Austrália e terminou numa improvável quinta colocação. Após a cerimônia do pódio, os organizadores da corrida prepararam uma festa para o novo herói local na F1 (Foto: Divulgação)
 
LEITOR DO GRANDE PRÊMIO TEM PREÇO ESPECIAL: viaje para Mônaco e acompanhe o GP mais tradicional do Mundial da F1 com a AMK VIAGENS. Veja aqui

Foto: Mais uma novidade nesta semana de início da F1: leitor/seguidor do GRANDE PRÊMIO tem preço especial na compra dos pacotes com a AMK Viagens. Já pensou em ir para Mônaco e acompanhar essa F1 imprevisível no glamour do Principado? Dica de amigo: dá uma olhadinha, fala com os amigos e entra em contato com o Edgar Efeiche para uma viagem em alta velocidade: http://www.amkviagens.com.br/2011/index.php/terrestres_internacionais/ver/104



(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube