Demitido da academia da Ferrari, Zhou vira piloto de desenvolvimento da Renault em ano de estreia na F2

Guanyu Zhou, agora sem vínculo com a Ferrari, passa a representar a Renault. O piloto chinês passa a fazer parte da academia de jovens pilotos da marca francesa, o que representa acesso ao simulador e às reuniões de engenheiros

Guanyu Zhou perdeu espaço na academia de pilotos da Ferrari, mas não tardou em refazer contato com uma equipe de Fórmula 1. O chinês foi anunciado nesta terça-feira (22) como novo piloto de desenvolvimento da Renault.
 
O posto não inclui tempo de pista com carros de Fórmula 1, mas coloca Zhou em contato direto com a Renault. De acordo com a escuderia, o chinês vai ter acesso ao simulador, além de participar de reuniões com engenheiros. Tais funções são combinadas com a de titular na Fórmula 2, onde Zhou passa a defender a UNI-Virtuosi em temporada de estreia.
 
“É uma grande honra me unir à Renault como membro da academia e piloto de desenvolvimento na Fórmula 1”, disse Zhou. “A Renault tem grandes ambições, tanto para a equipe de F1 quanto para a academia, e isso é algo que me motiva. Eu sei da importância da Renault na China, então fico particularmente orgulhoso por representa-la, assim como represento meu país no automobilismo”, continuou.
Guanyu Zhou vai correr na F2, mas não mais representando a Ferrari (Foto: Reprodução/Facebook)

“A Fórmula 2 é o próximo passo na minha carreira. Parece ser um grid competitivo e vou precisar aprender muita coisa em um curto espaço de tempo. Já estou trabalhando pesado durante o inverno e me beneficiei muito dos três dias de testes em Abu Dhabi. Estou ansioso para receber o apoio da Renault esse ano, me ajudando a buscar sucesso e troféus”, apontou.
 
Zhou sobe para a F2 após anos medianos na F3 Europeia. Em três temporadas, duas delas defendendo a poderosa Prema, o chinês somou duas vitórias e teve o oitavo lugar – alcançado em 2017 e 2018 – como melhor resultado no campeonato.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube