Dennis ainda não vê McLaren na briga por vitória, mas diz que MP4-29 será 0s5 mais rápido na Malásia

Ron Dennis, diretor-executivo da McLaren, afirmou nesta semana que espera ver a esquadra inglesa meio segundo mais rápida na Malásia. Ainda assim, o dirigente entende que será difícil arrebatar a vitória em Sepang

A McLaren está confiante de que vai ser no GP da Malásia, a segunda etapa da temporada 2014 da F1, meio segundo mais rápida por volta do que foi na corrida da Austrália, no último fim de semana.

Em Melbourne, na abertura do Mundial, o novato Kevin Magnussen mostrou um desempenho bastante competitivo e terminou a corrida em terceiro, mas foi promovido para segundo depois da desclassificação de Daniel Ricciardo. Jenson Button, por sua vez, ainda obteve um quarto lugar na pista, depois de largar em décimo, mas também ganhou uma posição na classificação final.

Ron Dennis acompanhou o fim de semana da McLaren em Melbourne (Foto: Getty Images)

Com o domínio da Mercedes com a vitória de Nico Rosberg, Ron Dennis admitiu, entretanto, que a diferença será difícil de ser reduzida em tão pouco tempo entre as duas etapas, mas confia no trabalho do time de Woking. "

O que queremos é ser uma equipe vencedora o mais rápido possível, mas ainda não estamos vencendo, então quer dizer que não estamos onde queremos", disse o diretor-executivo do time britânico.

"Portanto, a questão é descobrir como faremos isso, que passos devemos tomar. Mas estou satisfeito com as alterações que fizemos nos últimos dois meses dentro da equipe e acho que o resultado é muito positivo. Agora, vamos ver onde vamos estar no próximo mês", completou.

Mesmo acreditando em uma melhor apresentação de seus comandados, Dennis acha que ainda não será o caso de vitória. "Estas corridas intercontinentais limitam o trabalho de desenvolvimento do carro, mas, mesmo assim, vamos tentar dar o nosso melhor."

"Estamos confiantes de que seremos meio segundo mais rápidos no próximo GP, mas isso ainda não será suficiente para atingirmos o nossos objetivos. Entretanto, deve servir como uma pressão extra para as equipes que estamos perseguindo", acrescentou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube