Depois de rumores sobre nova equipe, segundo grupo chinês mostra interesse pela F1, diz revista

Uma semana depois dos rumores sobre a China F1 Racing Team, projeto de equipe que busca participar da F1 em 2018, outros investidores chineses revelam interesse na categoria. A informação é da revista alemã 'Auto Motor und Sport'

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Uma semana depois da informação de que um grupo chinês tem interesse em montar uma nova equipe de F1, surge a informação de que outros investidores do mesmo país também querem montar uma escuderia. De acordo com a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, este segundo grupo chinês já entrou em contato com a FIA e sonda a possibilidade de se juntar ao grid no futuro.
 
De acordo com a publicação, os chineses têm a intenção de se aliar com uma equipe espanhola da F2 – que poderia ser a Racing Engineering ou a Campos Racing – para levar a operação à F1.
 
Mas este plano é só para um futuro mais distante. Este grupo chinês não tem interesse – nem condições – de montar uma equipe em tempo de disputar a temporada 2018 da F1.
O grid da F1 pode contar com duas equipes chinesas no futuro (Foto: Beto Issa)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Problema semelhante é enfrentado pelo primeiro grupo chinês, que já até registrou a marca China F1 Racing Team. Em conversa com a FIA, os empresários ouviram que não há tempo para montar uma equipe de F1 para 2018. Mesmo assim, o grupo sonda funcionários de outras escuderias e pensa em ir às pistas já na próxima temporada, indo contra o conselho da federação internacional. Mas só vontade não basta: qualquer interessado em montar uma equipe de F1 precisa comprovar que tem capacidade financeira e tecnológica para tal.
 
A entrada de novas equipes seria uma boa notícia para Jean Todt, que afirmou recentemente que quer 12 equipes na F1. Hoje, depois da falência da Manor, restam apenas dez competidores.
 
POLÊMICA MOSTRA QUE VETTEL PISOU NA BOLA E HAMILTON FOI MALANDRO EM BAKU

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube