Desafetos antigos, Hülkenberg diz que “adoraria ver” Magnussen como companheiro

Nico Hülkenberg falou sobre a possibilidade de ser companheiro de Kevin Magnussen no futuro. Desafeto antigo do dinamarquês, Nico, apontado na Haas em 2020, afirmou que adoraria ver os dois dividindo boxes

Nico Hülkenberg falou sobre a possibilidade de ser companheiro de Kevin Magnussen no futuro. Apesar de serem desafetos antigos na Fórmula 1, o alemão minimizou a relação ruim que sustenta com o piloto dinamarquês.
 
O titular da Renault está a pé para 2020, pois a fábrica francesa anunciou nesta quinta-feira a chegada de Esteban Ocon na próxima temporada. Com isso, o #27 está sendo ligado na Haas, podendo assumir o lugar de Romain Grosjean.
 
Entretanto, isso implicaria em seu colega de Magnussen, e a dupla já trocou farpas no passado. A mais icônica foi em Hungaroring, em 2017, quando Nico acusou o adversário de ser “o piloto mais antidesportivo” do grid, enquanto ouviu de volta “chupe minhas bolas”.
Hülkenberg e Magnussen não se falam desde o GP da Hungria de 2017 (Foto: Reprodução)

Então, com a possibilidade de dividirem boxes na equipe norte-americana, o alemão afirmou que “adoraria ver isso. Um companheiro é um companheiro. Você meio que tem que aceitá-lo.”
 

“Alguns você se dá bem, mas você não precisa se dar bem – talvez seja melhor, não sei. Não acho que seria uma questão para mim. [Na Hungria] Foi coisa de corrida. Não houve dano, tenha um pouco de senso de humor, por favor. Não foi grande coisa”, encerrou.
 
Mas não parece ter sido um pequeno caso. Ainda neste ano, Magnussen revelou em entrevista que Hülkenberg não fala com ele desde a rixa em Hungaroring, mas deixou claro que o respeita como piloto.
 

Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube