Diretor da Ferrari diz que “apontar dedo para algum culpado” por incidente com Vettel na China não é correto

Se Sebastian Vettel achou que a manobra de Daniil Kvyat no início da prova, que resultou em um toque entre o alemão e Kimi Räikkonën, Maurizio Arrivabene não compartilha da mesma opinião. Para o chefe da Ferrari, o incidente no início da corrida foi apenas um lance normal da prova

Maurizio Arrivabene, chefe da Ferrari, não teve uma opinião tão dura quanto a de Sebastian Vettel sobre o incidente deste domingo (17), durante o GP da China. Para o dirigente, o lance foi apenas algo de corrida.
 
No início da prova em Xangai, o alemão vinha numa curva quando, para desviar de Daniil Kvyat, acabou tocando com Kimi Räikkönen, obrigando o companheiro a passar nos boxes. Após a corrida, o tetracampeão foi tirar satisfações com o titular da Red Bull, que se defendeu das acusações.
O chefe da Ferrari Maurizio Arrivabene (Foto: Getty Images)
Porém, para Arrivabene, a atitude de Vettel não foi a mais correta, pois não existe um culpado quando se há um lance normal. “Acredito que apontar o dedo para alguém não é correto. Kvyat estava fazendo sua corrida vindo na curva em alta velocidade, só que Seb e Kimi estavam fazendo a mesma coisa naquela posição”, disse.
 
“Claro que se você quer defender sua posição você se move, mas infelizmente Räikkönen estava lá. Mas isso é corrida, não Monopoly, foi um acidente. Acredito que isso seja parte da corrida, mas é claro que quando seus dois pilotos colidem não é bom. O que mais posso dizer sobre isso?”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube