Diretor da McLaren diz que é difícil entender como pilotos perdem 25 posições por punição em grid de 20 carros

Fernando Alonso e Jenson Button receberam, cada um, 25 posições de punição no grid de largada no GP da Áustria. Em um momento em que a F1 precisa se comunicar melhor com os fãs, isso é complicado demais para se explicar, disse Jonathan Neale

Como explicar dois pilotos recebendo punições de 25 posições no grid de largada se o Mundial de F1 conta com apenas 20 carros em 2015? Jonathan Neale, diretor-operacional da McLaren, não sabe bem.
 
 
Neale argumentou que isso não é bom para a F1, especialmente em um momento em que a categoria precisa se comunicar melhor com os fãs.
Jonathan Neale, diretor-operacional da McLaren (Foto: Getty Images)
“É um pouco estranho tentar explicar essas punições”, falou à revista inglesa ‘Autosport’. “Se a F1 é o pináculo do automobilismo, há algumas obviedades que precisamos apresentar. Temos de ter uma constância de propósitos, e acho difícil conciliar isso com pilotos recebendo 25 posições de punição em um grid que tem apenas 20 carros.”
 
“Precisamos poder explicar aos fãs qual é a razão para isso, e não acho que temos feito um bom trabalho explicando, ou pensando como isso vai ser recebido. Se eu tivesse de fazer uma observação sobre o modo como as regras foram elaboradas, eu diria que elas são mais oportunistas do que estratégicas”, comentou.

No mesmo tom de Neale, o diretor de corridas já havia declarado que "é triste para a F1 ter dois campeões mundiais no fim do grid".

 
O campeonato nem chegou a sua metade, mas a McLaren Honda já extrapolou o limite de unidades de força que poderia usar com Alonso e Button na temporada inteira. E, com o regulamento cruel que há, o time já admite incorporar trocas de motor a sua estratégia para cada fim de semana. “Para fazer isso, precisamos de um certo grau de previsibilidade. Vão haver áreas em que vamos dizer que precisamos sacrificar algo para nos proteger de alguma outra coisa. Mas ainda não estamos lá”, completou.
 
O time só pontuou, até agora, no GP de Mônaco: Button foi oitavo e marcou quatro pontos. Alonso continua zerado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube