Diretor-esportivo da Renault descarta que regulamento de motores para 2021 consiga atrair novos construtores para F1

Diretor-esportivo da Renault, Cyril Abiteboul avaliou que o regulamento de motores apresentado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para 2021 não vai conseguir atrair novos fabricantes para o esporte

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Diretor-esportivo da Renault, Cyril Abiteboul não acredita que o regulamento de motor apresentado pelo Liberty Media para 2021 vá atrair nos fabricantes para o grid do Mundial.
 
Com o objetivo de tornar as unidades motrizes mais baratas e acessíveis, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) apresentou no fim de outubro a nova era de motores da F1. Depois de muito debate, a opção foi seguir com o V6 turbo, com a remoção do MGU-H e o aumento de rotações em 3000 mil rpm ― saltando dos cerca de 15000 atuais para 18000 rpm.
Cyril Abiteboul acredita que regulamento não vai atrair novos construtores em 2021 (Foto: Bernard Asset/DPPI)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

No entender de Abiteboul, essa proposta não vai funcionar para atrair novas montadoras para a F1.
 
“Se a FIA e o Liberty não propuserem um motor que dite tecnologia padrão ou restrições extremas na maioria das áreas, então fábricas privadas não poderão entrar”, disse Abiteboul à publicação germânica ‘Auto Motor und Sport’. “E tal plano de negócios só funcionaria se as fábricas fossem subsidiadas por um patrocinador ou uma companhia automotiva”, seguiu.
 
“Porém, tal motor não seria atrativo para companhias automotivas”, ponderou. “Então pergunto a FIA e ao Liberty quem eles querem favorecer com este formato de motor? Se for uma nova fabricante de carros, vamos perguntar a eles o que eles querem”, sugeriu.
MELHOR DE 2017

COM TÍTULO EM TEMPORADA DIFÍCIL, MÁRQUEZ É PILOTO DO ANO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube