Diretor-executivo vê separação bem pensada, mas admite que McLaren vai “parecer boba” se Honda vencer em 2018

Diretor-executivo da McLaren, Zak Brown admitiu que a escuderia de Woking “vai parecer boba” se a Honda começar a vencer em 2018. Dirigente destacou, entretanto, que a decisão pelo divórcio foi bem pensada

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Diretor-executivo da McLaren, Zak Brown admitiu que a escuderia de Woking “vai parecer boba” se a Honda começar a vencer na temporada 2018 da F1. Depois de três anos difíceis, as duas marcas tomam rumos diferentes a partir do próximo ano.
 
Enquanto a Honda se aliou a Toro Rosso, a McLaren vai passar a usar os motores desenvolvidos pela Renault na F1.
 
Falando ao jornal espanhol ‘Marca’, Brown reconheceu a McLaren ficaria com uma imagem ruim se a Honda passasse a vencer em 2018, mas lembrou que a decisão pelo divórcio foi tomada de forma ponderada.
Zak Brown avaliou que a McLaren vai parecer boba se a Honda vencer em 2018 (Foto: McLaren)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Obviamente, se a Honda começar a vencer em 2018 e a nós não, vamos parecer bobos”, disse Brown. “Mas acho que todos têm de tomar suas decisões e aí aceitar o desfecho”, ponderou.
 
“Acho que no momento em que você toma uma decisão tem sempre um elemento de ‘E se eu estiver errado?’”, comentou. “Mas acho que todos fizeram o dever de casa e foi uma decisão de grupo que não foi fácil”, seguiu.
 
Brown comparou a decisão da separação com a Honda com a de permitir que Fernando Alonso disputasse as 500 Milhas de Indianápolis ao invés do GP de Mônaco.
 
“É como Indianápolis. Alguns disseram: ‘E se Alonso se machucar?’. ‘E se perdermos uma grande oportunidade em Mônaco?’. Mas, felizmente, ele guiou perfeitamente e Jenson [Button] largou do pit-lane”, recordou. “Nós temos de olhar para frente e não para trás”, concluiu.
TORO ROSSO DEMOROU DEMAIS

REBAIXAMENTO SEGUIDO DE AFASTAMENTO DE KVYAT É TUDO, MENOS INJUSTO  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube