“É um bom sinal”: Ocon exalta melhora em trabalho e competitividade da Renault

Esteban Ocon voltou a pontuar no GP de Portugal, superando até mesmo o companheiro Daniel Ricciardo. O bom desempenho fez o piloto francês justificar: a melhora no trabalho com a Renault e o salto de performance do carro

Esteban Ocon teve um bom fim de semana no GP de Portugal. Apesar de largar em 11º, o francês fez boa prova de recuperação, administrou o desgaste dos pneus e terminou em oitavo lugar, na frente do companheiro Daniel Ricciardo.

Com a boa performance e voltando a marcar pontos depois de um início complicado de campeonato, o piloto da Renault exaltou o momento que vive com a equipe como uma peça fundamental para explicar a evolução gradual nas últimas corridas. Após a etapa em Portimão, o time fez questão de dar uma dica para Esteban: entrar em uma “espiral de sucesso”.

“Não tenho certeza se o GP de Portugal foi meu melhor fim de semana, mas eu diria que foi a melhor parceria que tivemos. Em alguns momentos da corrida, eu estava pensando em alguma informação e dez segundos depois eu estava recebendo sem sequer perguntar. Isso mostra como estamos trabalhando melhor”, afirmou.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Ocon demorou 54 voltas para trocar pneus em Portimão (Foto: Renault)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Pensando no fim de semana completo, mesmo que nossa performance não tenha sido tão boa quanto esperávamos, eu acho que fomos competitivos. Estive mais próximo do Daniel [Ricciardo], isso mostra como estamos trabalhando melhor e chegando próximos de onde deveríamos estar. Isso é um bom sinal para o resto da temporada”, acrescentou.

Após ficar fora do grid da Fórmula 1 em 2019, Ocon ressaltou que foi preciso reparender os atalhos para pilotar em alto nível e conseguir bons resultados.

“Depois de ficar um ano fora, e estar em uma nova equipe, tem muito para você processar. E ainda tem o aprendizado do carro, diferente do que eu tinha pilotado. Estou chegando lá. Estamos próximos, o que é uma boa coisa. Ainda temos algumas corridas e meu alvo é me aproximar ainda mais. E, claro, usar essas oportunidades para me preparar para o próximo ano”, finalizou.

Atualmente, Esteban Ocon é o 12º colocado no campeonato de pilotos, com 40 pontos. Daniel Ricciardo é o quarto, com 80. A próxima corrida da Fórmula 1 é neste fim de semana, quando a categoria retorna a Ímola para a disputa do GP da Emília-Romanha.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube