Em meio a crise da equipe, Horner renova contrato e segue como chefe da Red Bull no Mundial de F1

Jogando um balde de água gelada em rumores que surgiram nos últimos dias, Christian Horner renovou seu contrato para seguir como chefe da Red Bull no Mundial de F1

Christian Horner vai seguir como chefe da Red Bull no Mundial de F1. O executivo britânico renovou seu contrato com a equipe que conduziu ao tetracampeonato em meio a rumores de que poderia deixar o cargo.
 
Após o GP da Áustria, Horner já vinha rechaçando os boatos que surgiram no paddock a respeito de sua saída da Red Bull. E, neste fim de semana, ele revelou durante o Festival de Goodwood que renovou seu vínculo. A Red Bull confirmou.
Christian Horner (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
“Eu não perdi o sono com isso porque absolutamente não é verdade. Eu recentemente assinei uma extensão de contrato com a Red Bull, tenho um ótimo relacionamento com Dietrich [Mateschitz] e meu objetivo é levar o time de volta à posição em que estávamos há 18 meses”, declarou em entrevista à TV Sky Sports.
 
Horner ainda ironizou o papel que as redes sociais tiveram na proliferação dos boatos.
 
“Gente de outras equipes pega coisas que leram e então a matéria vai para internet, e lá as coisas se espalham. Esse é o problema das redes sociais. Duas semanas atrás, eu estava tomando o lugar do Bernie; nesta semana, eu estava saindo da equipe; na semana que vem, provavelmente vou pilotar o carro”, completou.

A Red Bull está na quarta posição no Mundial de Construtores, sendo que o melhor resultado de 2015 foi o quarto lugar de Daniil Kvyat no GP de Mônaco.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube